Mansão do Arcebispo - Zona Norte

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ir em baixo

Re: Mansão do Arcebispo - Zona Norte

Mensagem  Karsh Von Bredtch em Qui Nov 27, 2014 1:27 pm

O Demonio volta pelo caminho que tinha vindo antes até encontrar um carniçal e questiona-lo como chegaria a Bispo Ariel
avatar
Karsh Von Bredtch

Mensagens : 34
Data de inscrição : 09/11/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Karsh

Mensagem  Admin em Qui Nov 27, 2014 6:57 pm

Voltando pelo caminho pelo qual chegou à sala do Arcebispo, Karsh encontra aquele meio índio que há pouco rezava. Agora ele estava de pé, caminhando para longe do seu santuário, mas quando avista o Tzimisce, ele para de se afastar, esperando que o mesmo se aproximasse. Quando isso acontece, ele diz após um rápido manear de cabeça.

- Boa noite, irmão. Sou Pedro Missioneiro, Templário de nosso Arcebispo.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 186
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário http://rageacross.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Angel

Mensagem  Admin em Qui Nov 27, 2014 7:10 pm

- Todas as noites terminam de maneira positiva, jovem. Ou você tem a sorte de continuar sua existência iluminada, ou tem a chance de dar o fim à maldição que a prende ao mundo. Todas as noites terminam bem...

E em uma velocidade assombrosa, que Angel poderia associar ao dom de sangue que seu próprio Clã possuía, o Arcebispo pega a estaca no chão e a crava de novo sem eu peito, tornando inútil o sangue gasto na regeneração. Victor a solta, e cuidadosamente, o Arcebispo a deita no chão, de lado, de forma a manter a estaca bem firme. Ele a olhou de maneira estranhamente piedosa, esboçando um pequeno sorriso.

- Eu poderia dar um fim à sua maldição, para que sua alma pudesse descansar, junto de sua vingança. Mas não será essa a noite em que você deixará de vagar por esse mundo, Angel...

Ele se levantou, continuando a olhá-la.

- No entanto, você passará por provações. Provações que testarão a sua força. Não apenas a força de seu corpo, mas a força que realmente importa: a de sua mente. Sua carne se retorcerá de maneiras que jamais imaginou, e quando acabar, se sentirá renovada... renovada como jamais se sentiria em outro lugar, que não aqui.

Ele olhou para Victor.

- Convoque todos os nossos irmãos. Os quero aqui em uma hora.

Angel era novamente afogada pela dúvida. Mas a dúvida não era tão terrível quanto antes. Agora, sabia o que aconteceria: seria torturada. Mas o mais importante: sairia viva! Se as palavras do Arcebispo fossem reais, ainda teria a sua chance. O Arcebispo então olhou para ela.

- Após sua purificação, uma oferta será feita. Algo que, pelo que vi, você não ousaria recusar...
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 186
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário http://rageacross.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Angel - Narração

Mensagem  Triss Stone ("Angel") em Sex Nov 28, 2014 6:15 am

Num mero piscar de olhos, a Brujah sente uma nova fincada da estaca em seu coração.

“Covarde, filho da puta!” – Pensa Angel num misto de surpresa e revolta.

O Arcebispo usara o que ela planejava usar tão logo estivesse em melhor forma física: a Rapidez. Perdera a oportunidade de tentar escapar. Devia ter dado vazão aos seus impulsos, não a porcaria do cérebro e do bom senso! Ao menos teria feito algum estrago neles se viesse a tombar em combate! Agora estava mais uma vez presa a imobilidade, completamente à mercê dos desvarios de seus captores. E que diabos era a merda daquele olhar piedoso que o Arcebispo lhe lançava?

“Enfia a tua piedade no cú, seu covarde!”

E como aquele miserável ousava lhe chamar pelo apelido que sua Halley lhe chamava?! Como ele podia saber de tantas coisas a seu respeito?

Ele dizia que não iria dar um fim em sua existência, mas confrontava-a com a tortura que logo viria. Não qualquer tortura, mas tortura vindo dos sádicos do Sabá!

“Purificação o caralho, seu desgraçado!”

Angel era muito corajosa, muito mesmo, mas naquele momento sentiu algum temor. Preferia que finalizassem logo com ela do que ter que passar pelos horrores dos maníacos do Sabá. Sua sede de vingança havia sido sua perdição. Havia feito justiça, havia sentido a gratificação de poder finalmente trazer paz ao espírito de seu irmão e disso não se arrependia em nada. Mas e agora? Estava a um passo de ser conduzida ainda em vida aos jardins do próprio inferno pelas mãos de psicopatas monstruosos… A merda ia feder e muito… mas o pior de tudo era não poder lutar, não poder sangrar e cortar seus inimigos com suas garras… Aquilo era o que mais lhe revoltava e angustiava.

Ele então fala para o Nosferatu chamar os outros. Sim, aquilo seria muito feio. Seria torturada por vários ou no mínimo teria uma platéia de selvagens aplaudindo sua desgraça e seu sofrimento.

“Merda… eu estraguei com tudo… tive a minha oportunidade… e deixei passar… “

Mas então ele falava sobre uma oferta que seria feita e que seria irresistível. O que ele queria dizer com isso? Isso só podia ter um significado… e as perspectivas não eram nada animadoras…

A Brujah quase chega a fechar os olhos, mas prefere mantê-los abertos e observar o máximo que pudesse. Embora fosse altamente improvável ter uma nova oportunidade de se livrar daquela estaca, descobria naquela noite que, de fato, a esperança era a última a morrer. E ela seria uma guerreira até o fim.

avatar
Triss Stone ("Angel")

Mensagens : 14
Data de inscrição : 16/11/2014
Localização : Around the world...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mansão do Arcebispo - Zona Norte

Mensagem  Karsh Von Bredtch em Sex Nov 28, 2014 2:27 pm

O Demonio caminhava pelos corredores até esbarrar com aquele que agora descobria ser um irmão do Sabah. Não conseguia entender a fé nesses Filhos da Caim... Todos são esquecidos pelo Criador e deveriam se prestar a macular sua imagem não a adorarem...
Cada vez mais irresignado com aquele lugar o Cainita questiona.

- Meu irmão em Caim. Como faço para me encontrar com a Exma. Bispo Ariel?


avatar
Karsh Von Bredtch

Mensagens : 34
Data de inscrição : 09/11/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Karsh

Mensagem  Admin em Sex Nov 28, 2014 2:49 pm

- Bispo Ariel? Ela vive na zona le...

E antes que ele pudesse falar, o Nosferatu que Karsh vira antes retorna. Ele estava falando no celular, parecia passar informações pra alguém. Quando vê os dois, ele diz.

- Aí, Pedro. Vai ter reunião aqui hoje. O Arcebispo vai sangrar a putinha que eu peguei.

Era possível ouvir um certo desgosto nas palavras do Nosferatu. Ele continua a caminhar, passando pelos dois. Pedro então dá de ombros.

- Parece que é sua noite de sorte. Ela provavelmente estará a caminho. Mas devo alertá-lo... Ela é deveras excêntrica.

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 186
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário http://rageacross.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Angel

Mensagem  Admin em Sex Nov 28, 2014 2:57 pm

Enquanto estava imobilizada, Angel podia ver uma movimentação surgir na sala, com pessoas saindo de portas laterais. De uma delas, saía uma grande mesa de madeira, carregada por duas pessoas. O Arcebispo ia guiando a todos, para que colocassem a mesa em uma posição bem central, a poucos metros de seu trono. As pessoas voltaram para as portas laterais, e saíram de lá com 6 grandes cadeiras, que mais pareciam tronos, colocando 3 a cada lado do grande trono de ferro, formando uma meia lua. Uma outra mesa menor foi colocada ao lado da grande mesa, e Angel podia ver e ouvir que eles colocavam itens metálicos sobre a mesma, organizando-os. O Arcebispo se aproximou de seu trono, assentando-se ali. Angel estava virada de forma a poder vê-lo, e ela finalmente tem tempo pra ver a grande cruz na parede atrás do trono, ostentando em si, um corpo mumificado, com algo que parecia Sr uma estaca cravada no lugar do coração. Uma terrível coincidência.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 186
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário http://rageacross.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Angel - Narração

Mensagem  Triss Stone ("Angel") em Sab Nov 29, 2014 1:32 pm

Presa ao poder sobrenatural da estaca, Angel era mera espectadora dos preparativos do bizarro espetáculo da qual seria em breve, uma das protagonistas. O vai e vem de pessoas trazendo os móveis para o recinto, a mesa que provavelmente seria o palco e a mesa de apoio, onde, pelo que via o ouvia, objetos de tortura iam sendo depositados. Maldito Arcebispo! Maldito Nosferatu!

O pior é que a culpa no fundo era dela. Teve a oportunidade de não ser uma boneca de panos nas mãos daqueles psicopatas. Podia ter ao menos tentado e quem sabe, teria resolvido tudo antes, ou, na pior das hipóteses, teria tombado em combate, e não em cima de uma mesa presa para ser torturada.

Olha com raiva para o Arcebispo que senta-se no trono e só então é que repara em uma cruz enorme atrás do trono e… por todos os diabos do inferno. O que era aquilo? Um cainita mumificado com uma estaca no coração? Diabólicos! Assim eles eram. Covardes incapazes de dar um fim digno aos seus inimigos, em um combate honrado. Não, eram sádicos, carniceiros e indignos de qualquer tipo de confiança.

Seria ela o próximo “enfeite” da sala do rei depois que passasse pela tortura sádica? Não sabia…

Por fim, fechou os olhos. Precisava preparar sua mente e seu espírito pelo que viria em breve. Pensou em Halley e lamentou que não teriam oportunidade de se ver mais uma vez e de poder comemorar com ela a sua vingança realizada, mas logo afastou de si este pensamento. Não queria que Halley, ainda que em pensamento apenas, estivesse presente naquele local amaldiçoado. E procurando afastar de sua mente qualquer tipo de pensamento que não fosse procurar forças para se manter com dignidade, ali permaneceu, inerte, indefesa, à espera da crueldade de seus algozes.

avatar
Triss Stone ("Angel")

Mensagens : 14
Data de inscrição : 16/11/2014
Localização : Around the world...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mansão do Arcebispo - Zona Norte

Mensagem  Karsh Von Bredtch em Sab Nov 29, 2014 1:47 pm

O Demonio sorri..

- E quem nao é? Espero q ela possa me retribuir em excentricidade...

Ele olha para o Nosferatu

- Iremos brincar com um cordeiro hj?
avatar
Karsh Von Bredtch

Mensagens : 34
Data de inscrição : 09/11/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração m- Karsh

Mensagem  Admin em Sab Nov 29, 2014 2:32 pm

O Nosferatu apenas ri de maneira diabólica quando Karsh pergunta, e continua seu caminho. Pedro fica em silêncio por um tempo, dizendo.

- Venha. Ainda levará um tempo para que o evento comece. Deseja conhecer melhor a Catedral?
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 186
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário http://rageacross.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Angel

Mensagem  Admin em Sab Nov 29, 2014 2:39 pm

Por mais que tentasse não pensar em sua amada, Angel tinha grande dificuldade. Ela era uma imagem de conforto em sua mente, difícil de ser evitada. Ela pode ver dois homens chegando com alguns galões, e ela podia ver claramente que aqueles galões eram repletos de sangue. Junto deles, aparecia um homem em um jaleco. É então que dois a pegam, tomando cuidado para não tocarem a estaca, e sem qualquer palavra, a colocam sobre aquela grande mesa, prendendo seus braços e pernas com travas de metal nos pulsos, nos antebraços, logo abaixo dos cotovelos, nos braços, nos tornozelos, nos joelhos, e no pescoço, com algumas grossas tiras de couro auxiliando em algumas outras partes do corpo, como a cintura. Até mesmo os dedos foram presos em trancas de aço, deixando apenas as pontas pra fora, incapacitando o dobrar dos mesmos.
Sem falar nada, o sujeito do jaleco se aproxima. Ele carregava em sua mão um pequeno tubo de plástico, fino e macio. Nele, passava uma substância transparente, aparentemente gelatinosa, cujo frasco acabou ficando sobre a mesa. De maneira delicada, ele tocou a cabeça de Angel, aproximando aquele tubo de sua narina, começando a enfiá-lo ali. Ela podia sentir aquilo descendo de maneira incômoda, e gélida pela substância. Ele então prende aquele tubo com um esparadrapo ao nariz da Brujah. Ela podia sentir aquele tubo adentrando seu estômago, mas não o bastante pra fazê-la vomitar.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 186
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário http://rageacross.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Angel - Narração

Mensagem  Triss Stone ("Angel") em Sab Nov 29, 2014 5:27 pm

Embora não quisesse, era difícil manter Halley longe do pensamento, afinal, pensar nela era uma espécie de bálsamo, serenando sua mente que estava tão atribulada com a situação que vivenciava.

Reabre os olhos a tempo de ver dois homens que chegavam com galões cheios de sangue junto com um tipo de jaleco. Sem seu consentimento, como se ela tivesse direito a algum, eles a levam para a mesa grande, onde, feito um animal qualquer, é aprisionada com inúmeras travas de metal ao longo do corpo, o que, se fosse o caso, exigiria sua força sobrenatural para partir os grilhões que lhe prendiam aquela maldita mesa de tortura.

Não bastasse isso, o homem de jaleco vem com a porra de um tubinho e enfia nariz adentro na Brujah, que fuzila-o com os olhos, apesar de toda a delicadeza do sujeito para enfiar aquela merda nela que ia passando por sua garganta e entrando cada vez mais até chegar ao estômago. Que diabos aqueles sádicos pretendiam enfiando aquela coisa nela?

Muita raiva e ódio ela sentia. Se aquela maldita estaca se movesse apenas um pouco… Mas não, aqueles covardes eram incapazes de encarar a Brujah no mano a mano.

avatar
Triss Stone ("Angel")

Mensagens : 14
Data de inscrição : 16/11/2014
Localização : Around the world...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

KARSH - NARRAÇÃO M

Mensagem  Karsh Von Bredtch em Sex Dez 05, 2014 11:23 am

O Demonio ve aquela oportunidade como uma forma e estudar o ambiente e verificar se poderia montar um laboratorio ali.

-Claro mein Bruder, por que não.
avatar
Karsh Von Bredtch

Mensagens : 34
Data de inscrição : 09/11/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Martin - Narração

Mensagem  Martin Gutierrez Fletcher em Sex Dez 05, 2014 7:48 pm

Martin fica levemente frustrado quando descobre que ainda não tinha os seus dons despertados e que alguns precisavam de treino. Pareciam que chegavam a algum lugar, pois o furgão começa a diminuir de velocidade e eles entram em algum lugar. Eles iam sair do veículo que estacionava e Andrew avisa que era a Catedral, um centro de poder. Casa de um tal Arcebispo e que era para ter cuidado. Ayla confirma, avisando que bons modos e etiqueta eram exigidos ali. Bem, nisso ele tinha prática. Ele meneia a cabeça para Andrew, indicando que apreciava a informação.

Deixam o furgão e repara que estava numa grande mansão de aspecto antigo e de construção principal em pedras. Um grande jardim circundava a garagem em que estavam. Ele pergunta para Ayla:

– Há alguma maneira específica para me comportar com o Arcebispo ou basta ser educado e respeitoso?

Então de repente se lembra de seu aspecto, que não devia estar nada apresentável após ter saído de dentro da terra e ter se alimentado de um cão.

– Há algum banheiro onde eu possa tentar me limpar, não devo estar nada apresentável para estar diante de alguém tão importante. Por que eu fui enterrado?

avatar
Martin Gutierrez Fletcher

Mensagens : 47
Data de inscrição : 06/11/2014
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Martin

Mensagem  Admin em Dom Dez 07, 2014 1:40 pm

Ayla pondera por um instante.

- Apenas não seja insolente. Mas também não mostre reverência. Ele possui uma verdadeira aversão a isso. Ele diz que a reverência é o escudo dos fracos. E quanto a sua aparência, não se preocupe com isso. Ela vai trabalhar ao seu favor. Sangue e terra... duas coisas que fazem parte de nossa não-vida, que são símbolo do renascimento...

Ela sorri. O grupo começa a caminhar na direção da entrada da mansão. Alguns homens de terno eram vistos vagando por ali. Alguns deles andando ao lado de cães de guarda. Andrew é o primeiro a entrar na mansão. No caminho, o grupo encontra dois homens. Um que parecia ser um índio, e um outro, que possuía olhos faiscantes, que pra Martin pareceriam estranhamente fascinantes, mas estranhos.


avatar
Admin
Admin

Mensagens : 186
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário http://rageacross.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Martin - Narração

Mensagem  Martin Gutierrez Fletcher em Seg Dez 08, 2014 4:34 pm

Martin guarda as instruções de Ayla a respeito de como se comportar diante do Arcebispo. Quando ela fala que ele não deveria se preocupar com sua aparência, ele não compreende muito bem, mas não diz nada. Se o visual estava bom para o que iriam fazer ali, para quem passou os últimos na cadeia, isto não seria uma preocupação.

Seguem andando para a entrada da mansão que parecia muito bem vigiada. Já no interior da mansão, passam por dois homens, um com características do povo nativo dos USA, mas é o outro que mais chama bastante a sua atenção devido aos seus olhos que pareciam faiscar. Pensa em questionar o que era aquilo, mas deixaria para uma outra oportunidade. Talvez fosse um outro dom, como o próprio dom que Ayla tinha em tornar seus olhos dourados. Continuava acompanhando o grupo.

avatar
Martin Gutierrez Fletcher

Mensagens : 47
Data de inscrição : 06/11/2014
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Martin e Karsh

Mensagem  Admin em Ter Dez 09, 2014 12:04 pm

- Venha comigo.

Disse Pedro, caminhando na direção que Karsh poderia notar ser a direção de onde veio, quando entrou ali. Entrando pela mesma porta, Karsh pode ver um pequeno grupo, composto por 3 homens e 3 mulheres. Pedro se aproxima de um deles.

- Boa noite, Ducti!

Olhou então para os outros, maneando a cabeça.

- Irmãos.

Ele então ergueu uma mão na direção de Karsh.

- Esse é Karsh, recém chegado à nossa Arquidiocese.

O Ductus olhou Karh por um instante, e então tratou de responder.

- Seja bem vindo, Karsh. Sou Andrew, Ductus de meu bando. Essa é a Ayla, a nossa Sacerdote – apontou para a mulher negra, com algumas tranças pintadas de azul – E os demais são nossos irmãos de bando. E claro... hoje temos um recém chegado, também. Mas esse é recém chegado aos braços de Caim.

Todos olharam para Martin.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 186
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário http://rageacross.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Martin - Narração - Karsh

Mensagem  Martin Gutierrez Fletcher em Ter Dez 09, 2014 3:06 pm

O grupo para pra falar com os dois homens. Pedro era o nome do que parecia um índio, enquanto o do olhos estranhos se chamava Karsh, um recém-chegado. Então Andrew era um Ductus enquanto Ayla uma Sacerdote. O último título fazia alguma idéia, se houvesse semelhança com o papel entre os humanos, já o outro título não fazia a menor idéia do que significava. Ninguém tinha lhe explicado nada sobre isso, ainda. Bando? Era assim que se referiam a um grupo? E logo as atenções se viram para Martin, que era apresentado como o novato total da área, como todos olhavam para ele, educadamente ele responde revelando uma voz capaz de encantar apenas por ser ouvida:

– Boa noite… irmãos.

É assim que pareciam se tratar, como irmãos. E completa:

– Martin Fletcher. Prazer em conhecê-los.

Finaliza com um pequeno sorriso. Apesar de estar sujo de terra e com sangue pela roupa e em alguns locais da pele (mãos, braços, rosto), Martin era um homem considerado belíssimo para os padrões de beleza humana (aparência 5). Possuía quase 1.85m de altura, tinha um bom porte físico e aparentava ser um homem que recentemente tinha chegado no início dos trinta. Seu tom de pele era moreno, seus olhos castanhos e cabelos curtos e castanhos claros. Todo aquele conjunto, aliado a sua encantadora voz, faziam daquele conjunto, uma obra perfeita para os apreciadores da beleza.

avatar
Martin Gutierrez Fletcher

Mensagens : 47
Data de inscrição : 06/11/2014
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mansão do Arcebispo - Zona Norte

Mensagem  Karsh Von Bredtch em Qua Dez 10, 2014 9:44 pm

Com um meneio de cabeça Karsh saúda os cainitas.

- Que Cain sempre direcione sua espada na direção de seus inimigos Ductus.

Os olhos do Demonio faiscavam e eles pairam sobre o tal Martin... Apos um breve instante ele comenta

- De fato um novato... Pelo seu estado recém escavado...

Um sorriso malicioso delineia a boca do Tzimisce

- Creio q podemos fazer algumas melhorias em vc Criança
avatar
Karsh Von Bredtch

Mensagens : 34
Data de inscrição : 09/11/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Martin - Karsh - Narração

Mensagem  Martin Gutierrez Fletcher em Qui Dez 11, 2014 9:37 am

Pelo visto Andrew possuía um certo prestígio dentro da seita, pela forma que o tratavam. O vampiro de olhos diferentes olha para Martin e faz um comentário após esboçar um sorriso malicioso, chamando Martin de criança. Martin não gosta de ser chamado de criança, mas não sabia se aquilo era comum dentro da seita ou se era uma ofensa, desta forma, como não sabia, mas sabia que realmente era um novato e que pouco ainda sabia sobre aquele mundo, faz o que Ayla lhe dissera, usa o bom senso e a educação, ficando apenas calado, pois se fosse algo errado naquele tratamento ou Ayla diria algo para o sujeito ou então falaria depois para Martin, assim, o silêncio parece, naquele momento, a ação mais adequada.

avatar
Martin Gutierrez Fletcher

Mensagens : 47
Data de inscrição : 06/11/2014
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Martin e Karsh

Mensagem  Admin em Qui Dez 11, 2014 5:35 pm

Após a rápida “apresentação” dos recém chegados, Andrew volta-se para Pedro.

- Essa intrusa... fale-me mais sobre ela.

Pedro dá de ombros, respondendo.

- Uma invasora corajosa, devo admitir. Victor a trouxe... Eu ainda não tenho muitos detalhes. A essa altura, o Arcebispo já deve tê-la sondado. Provavelmente falará mais...

A loira do grupo que acabava de chegar, diz.

- Logo o Victor? Ela deve ter sofrido no caminho...

O homem árabe dá uma risada baixa, respondendo.

- E ainda sofrerá muito mais. Invasores têm que ser feitos de exemplo... Ele devia ser entregue pra Bispo Ariel. Ela sim faria essa infiel pagar.

Karsh poderia associar à Tzimisce que ele foi sugerido procurar.

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 186
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário http://rageacross.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Martin - Narração

Mensagem  Martin Gutierrez Fletcher em Sex Dez 12, 2014 1:38 pm

Martin apenas ouve o que iam dizendo, afinal, ele não fazia idéia do que iria acontecer, mas pelo jeito que falavam, essa intrusa iria passar, ou já estava passando, por maus bocados.

avatar
Martin Gutierrez Fletcher

Mensagens : 47
Data de inscrição : 06/11/2014
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Martin e Karsh

Mensagem  Admin em Sex Dez 12, 2014 7:51 pm

Diante da fala do homem árabe, Pedro fica mais sério.

- E o que é um infiel pra você, Assamita?

Ahmed ameaça dar um passo à frente, mas é impedido pelo movimento de dois dedos de Andrew, que ele colocou diante do árabe. O Ductus diz em voz baixa.

- Todos nós temos nossas crenças. Enquanto Caim for honrado, e o Diabo for retalhado, não importa se é a Jesus, ou a Maomé, que vê como guia. Honrem a Caim, e estarão no caminho certo.

Ele disse dando um olhar mais duro para o árabe. Pedro parecia suavizar sua expressão. A mulher asiática olha o relógio em seu pulso.

- Está quase na hora. Faltam apenas 20 minutos para o início da reunião.

- Ótimo, chegamos bem dentro do tempo – Diz Andrew.

Pedro se vira para Karsh.

- Infelizmente, não teremos tempo de explorar a Catedral. Faremos isso após a punição da invasora, se for possível.

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 186
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário http://rageacross.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mansão do Arcebispo - Zona Norte

Mensagem  Karsh Von Bredtch em Sex Dez 12, 2014 9:24 pm

Os olhos do Demonio faiscavam refletindo a malignidade de sua alma... Ele comenta como que para si mesmo...

- Eu mesmo poderia fazer essa rata intrusa sofrer...

Finalmente ele retorna a si e comenta...

- Não há o que se retratar mein bruder Sigamos para a reunião. Espero encontrar Bispo Ariel?

avatar
Karsh Von Bredtch

Mensagens : 34
Data de inscrição : 09/11/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Martin - Narração

Mensagem  Martin Gutierrez Fletcher em Sab Dez 13, 2014 7:00 am


Martin observa o desentendimento que surge entre Pedro e o árabe. Algo religioso??? Martin fica sem entender exatamente a questão. Eles não eram mais humanos certo? Mas ainda se prendiam a preconceitos de crenças religiosas? Acreditavam que Deus se importaria com as almas deles? Por um momento Martin se questiona se os Orixás ainda seriam capazes de ouvir qualquer apelo seu após tudo o que fizera e que provavelmente ainda faria. Não, não acreditava. Era mais fácil Exu querer fincar o seu tridente flamejante bem no meio do seu rabo assim que tivesse oportunidade, afinal, Martin agora era um demônio com presas, bebedor de sangue em forma de gente. Certamente não haveria um lugar no céu para ele e aqueles sujeitos pareciam acreditar que isso ainda era possível. Quase dá de ombros, mas não o faz. Era a primeira vez que pisava naquele tipo de terreno e sua função por enquanto era apenas observar e aprender tanto quanto pudesse.

O impasse é resolvido por Andrew e pareciam que finalmente seguiriam para a reunião. Martin estava curioso para ver o que iria acontecer com a tal Brujah da Camarilla. Não fazia a mínima idéia do que seria, mas já sentia, pelos ânimos de todos, que não seria nada bom para ela. Como ele se sentiria em relação a isto? Logo descobriria.

avatar
Martin Gutierrez Fletcher

Mensagens : 47
Data de inscrição : 06/11/2014
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mansão do Arcebispo - Zona Norte

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum