O Coração do Caerm - Seita das Águas Serpentinas

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

Narração - Calixto

Mensagem  Narração em Sex Abr 05, 2013 11:15 am

A medida que se afastava, Calixto podia sentir coisas que lhe escaparam por toda a vida. Podia sentir o cheiro de terra molhada com enorme intensidade, até mesmo o cheiro de animais no ar era possível de ser sentido, embora essa parte pudesse ser desconfortável no começo, em especial quando sentiu um forte cheiro de bode.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maya - Narração

Mensagem  Maya Moreno em Seg Abr 08, 2013 7:22 pm

Maya ouve o que Khloe diz, estendendo a mão para o cumprimento. Se não estivessem no meio da água, daria-lhe dois beijinhos, como costumava cumprimentar as garotas no ambiente “extra-profissional”, e quando termina de ouvir o que ela lhe diz, desfaz o sorriso mediano que exibia, e então pergunta, visivelmente triste:

-- Então… você também matou alguém?

Afinal, ela não havia sido a única. Já não ligava minimamente para o indiozinho mimado.
avatar
Maya Moreno

Mensagens : 85
Data de inscrição : 19/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Maya

Mensagem  Khloe Lykainion em Qua Abr 10, 2013 8:05 am

Khloe ergue as duas sobrancelhas como se confirmasse aquela triste realidade e então meneia positivamente a cabeça, dizendo:

– Se você também passou por isso, é sinal que é uma forma de ingresso para esta nova vida… É, eu matei sim, mas não tinha consciência do que estava acontecendo, mas foi porque eles iam me matar e aí aconteceu a transformação…

Khloe dá um suspiro e baixa o olhar. Lembra-se de sua mãe que mal tivera oportunidade de conhecer. Fica uns instantes em silêncio e por fim volta a olhar Maya e diz:

– Bem, é uma história longa e… bem, se você quiser ouvir, é melhor sairmos do meio da água e nos sentarmos em algum lugar. Se quiser me contar como foi a sua transformação… seria bom para trocarmos ideias… que tal?

Esboça um sorriso amigável, porém triste.


avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maya - Narração

Mensagem  Maya Moreno em Qua Abr 10, 2013 8:49 pm

Maya também chegava àquela conclusão: de que parecia que matar talvez fosse o gatilho puxado para disparar, fazendo de um ataque mortal a primeira transformação.

Ela percebe que Khloe fica triste, até pensa em dizer algo que a pudesse servir de alento, mas ela torna a falar, convidando-a a saírem da água e sentarem-se para conversar. Maya também esboça um sorriso amigável, compreensivo, acenando positivamente com a cabeça, dizendo:

-- Claro! Vamos por ali, ó, onde tem aquela mochila, que é minha.

Elas saem das águas, indo em direção à mochila de Maya, que a pega, e então sentam-se à sombra de alguma árvore, ao que Maya diz:

-- Quer começar contando como foi a sua transformação? Em seguida te conto como foi a minha…

E aguarda pela resposta da “gringa”.
avatar
Maya Moreno

Mensagens : 85
Data de inscrição : 19/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Maya

Mensagem  Khloe Lykainion em Sex Abr 12, 2013 8:14 am

Já acomodadas no chão, após deixarem a cachoeira, Khloe ouve o que Maya diz e então começa a responder:

– Ok, pode ser…

Dá um suspiro. Não pensaria em contar aquilo para ninguém mais, sob o risco de ser taxada de louca varrida, mas estava diante de uma garota que havia passado por algo bem similar e as duas eram criaturas sobrenaturais, assim como os responsáveis pela sua transformação. Sim, talvez fosse bom simplesmente colocar pra fora o que tinha acontecido.

– Acho que você, assim como eu, até cair a ficha disso tudo que está rolando agora não acreditava em nada que fosse sobrenatural, certo? Coisas como lobisomens ou vampiros nem passavam pela sua cabeça como “coisas reais”, não era? Bem, pelo menos pra mim era assim… Well, eu vim pro México conhecer a minha mãe, que eu julgava morta desde que eu era uma criança. Eu perdi minha vó recentemente, e então, cuidando das coisas dela, descobri cartas de minha mãe e…

Um novo suspiro, profundo. Continua:

– Descobri que minha mãe estava viva. Consegui entrar em contato e dias depois peguei o avião e vim parar aqui, para o nosso encontro. Porém… havia um “porém” e este foi supostamente o motivo que a fez simular a própria morte e abandonar minha vó e eu: minha mãe era uma vampira.

Khloe faz uma pausa. Olhava para Maya observando sua reação. Imaginava que ela não fosse cair na gargalhada e nem ficar descrente, o que certamente não aconteceria com qualquer outra pessoa no mundo que não estivesse no mesmo barco que elas.
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - narração

Mensagem  Calixto em Qui Abr 18, 2013 10:31 am

Correndo feito o vento , o Indio se sentia parte do ambiente , Como se pertencesse aquele mundo a muitas vidas passadas. 0 cheiro de Tudo era estranho e ao Mesmo Tempo maravilhosO.. . Sente então, o Terrível odor de bode, e instintivamente deseja caçar . E sem se fazer de rogado , se lança no encalço do bicho. E Como nos Tempos da sua Tribo, aquela sensação lhe cega Com uma sede de sangueque o arremete como uma flecha..
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maya - Khloe

Mensagem  Maya Moreno em Qui Abr 18, 2013 7:07 pm

Maya olhava Khloe um pouco mais arregalada com suas revelações. Não poderia, depois de tudo o que estava vivendo, duvidar de mais nada, ao que responde-lhe:

-- Bem, eu sempre tive algumas ligações com coisas “sobrenaturais”, por assim dizer, mas eu realmente nunca havia levado a sério a hipótese da real existência de lobisomens, até acontecer isso comigo na noite passada… Mas, sobre vampiros, realmente ainda não tinha tido tempo para repensar… Mas nessa altura do campeonato, Khloe, eu simplesmente já não duvido de mais nada, por mais estranha que a coisa possa soar, como a existência também de vampiros…

Depois de uma pausa, ela continua:

-- Então, sua mãe é uma vampira?

Passava novamente a palavra para ela, a fim de que continuasse sua história.
avatar
Maya Moreno

Mensagens : 85
Data de inscrição : 19/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Maya

Mensagem  Khloe Lykainion em Sex Abr 19, 2013 11:17 am

Khloe confirma com a cabeça e após alguns instantes de silêncio volta a falar:

– Ela é… não… ela era…. uma vampira. Eu acabei dando um fim nela e nos outros outros dois que estavam com ela. Infelizmente a gente mal chegou a se conhecer. Os outros dois queriam que ela me matasse, ela tentou me proteger, mas as coisas saíram de controle, eu me transformei e… bem, só o que sobrou, pelo que o Rico me contou, foram as cinzas daqueles monstros e de minha mãe…

Dá de ombros e baixa o olhar por um breve instante, até voltar a dizer com convicção, como se naquele instante estivesse fazendo um juramento para si mesma ao invés de estar falando com Maya, tanto que seu olhar se perde em algum ponto indefinido do céu:

– Mas eu vou me vingar de cada um desses monstros que eu conseguir encontrar. Eles me tiraram minha mãe, e eu prometo que farei com que eles se tornem cinzas espalhadas ao vento.

Sentia dentro de si um ódio, um desejo de vingança pelos vampiros, os responsáveis por ela ter sido privada de sua mãe pela vida inteira.
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Calixto

Mensagem  Narração em Dom Abr 21, 2013 12:00 pm

Ao ver Calixto vindo em sua direção, o bode, assim como algumas cabras que o cercavam, partem em uma corrida enlouquecida pela vida. Eram criaturas rápidas, meio selvagens, mas que não podiam esperar vitória contra um Lobisomem, que se aproximava mais e mais a cada passo. Calixto podia quase sentir o gosto dos animais, uma das sensações que jamais experimentara.E finalmente, após alguns instantes, Calixto alcança uma das cabras, pronta para ser derrubada como ele bem entender.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Maya - Khloe

Mensagem  Narração em Dom Abr 21, 2013 12:08 pm

Quieta e silenciosa, uma mulher se aproxima das duas, longe de seu campo de visão, até dizer em uma voz baixa, até mesmo misteriosa, em um tom um tanto zombeteiro, ou sádico.

- Uma bela história... Um belo começo, Filhote.

E então elas poderiam ver a mulher, negra e com volumosos cabelos cacheados. Vestia as roupas usadas por todos, e possuía algumas manchas de sangue no corpo, o que indicava que teria participado da caçada de algum animal. Ela logo voltou a falar.

- Não são poucos com esse desejo. Cadáveres já tiraram muita coisa, de muita gente.


--------------
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maya - Khloe - NArração

Mensagem  Maya Moreno em Dom Abr 21, 2013 5:24 pm

Maya estava pronta para argumentar com Khloe, em sua história tão triste que até fazia sentir-se menos pior com a sua própria experiência, quando chega uma mulher e reforça o comentário de Khloe acerca dos vampiros, ao que ela responde:

-- É uma história e tanto, Khloe! Mas antes de fazer qualquer promessa de vingança, pense bastante… Não tiro, de forma alguma, suas razões, mas, como é meu hábito contrapor as situações, a fim de analisar todos os aspectos, e ao que me pareceu em sua narrativa, que sua mãe, embora vampira, não demonstrava ser uma má pessoa, já lhe ocorreu de que muitos que são vampiros, podem não ser maus, podendo, inclusive, ser tão vítimas como muitos outros? Eu não sei como vampiro se torna vampiro, pois, até hoje, não considerava sua existência como verdadeira, apenas ficção, assim como os lobisomens, mas penso que, assim como existem pessoas boas e más em qualquer grupo, também assim deve ser no meio dos vampiros, dos lobisomens…

E sem dar muita chance para a outra dar novamente sua opinião contrária aos vampiros, como já chegara fazendo, diz-lhe:

-- Bom dia! Sou Maya Moreno, esta é a Khloe, e você?

Queria dar tempo para que Khloe pensasse no que havia lhe falado. A vingança não era, nem de longe, um caminho fácil ou bonito de se seguir. Talvez conseguisse fazê-la raciocinar melhor acerca de tudo o quanto ocorrera com ela.
avatar
Maya Moreno

Mensagens : 85
Data de inscrição : 19/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Maya - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Seg Abr 22, 2013 7:51 am

Elas são interrompidas por uma bela mulher negra que surge demonstrando que tinha ouvido o que Khloe narrara. Khloe não gosta muito de “outros ouvidos” terem escutado o que ela confidenciava com Maya, e também não aprecia muito o tom que parecia ser de deboche ou quem sabe de sadismo, mas ela não tem tempo de responder nada, pois Maya começa a falar, tentando lhe fazer pensar sobre a possibilidade de nem todos os vampiros serem iguais, o que até fazia algum sentido, pois ela mesma não conseguia ver sua mãe como um monstro, mas o ódio e desejo de vingança que possuía dentro de si não abria muito espaço para outros tipos de considerações. Se havia algo de bom que poderia fazer dentro de sua nova condição, matar vampiros estava em primeiro lugar, ao menos agora, que tudo ainda tão recente e tão marcado dentro de sua alma.

Após as considerações de Maya, esta se apresenta para a recém-chegada e como a morena lhe apresenta também, apenas fica em silêncio, olhando para a bela negra, esperando que esta dissesse quem era, afinal, ao que parecia, a recém-chegada parecia interessada em participar da conversa delas.
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Maya - Khloe

Mensagem  Narração em Seg Abr 22, 2013 3:01 pm

- É um prazer conhecê-las, Maya e Khloe. Chamo-me Ayla.

Ela aprecia observar as duas, em especial, Khloe. O olhar da mulher não era muito discreto, e algo parecia dizer que ela não tinha lá a cabeça em ordem. Mas em meio ao mundo que acabavam de descobrir, aquilo não devia parecer tão ruim. Ela volta a falar.

- Pude ouvir o que disse, Maya. Faz sentido... Mas não é bem a realidade. Essas criaturas não são nada além de monstros atrás do sangue dos inocentes, e quando têm sangue demais, vão atrás da dor. A parte ruim da humanidade não os abandona... Apenas ganha um requinte de crueldade, cortesia da Morte.

Ela falava calmamente. Parecia ser bem entendida naquele assunto. Pelo menos, falava como tal.

- Mas os piores de todos, são aqueles que seguem a Set... Seu líder profano amaldiçoou meu povo há muitos anos. Agora, a morte nos persegue, e não encontramos paz na terra que antes foi dada a nós por Gaia. A vingança dificilmente nós levará de volta. Mas se alguma coisa levará, certamente partirá de uma vingança. Mas de fato, a vingança nem sempre é o melhor caminho. Ela pode levá-la a lugares obscuros, e perigosos.

Disse olhando para Khloe.

avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Maya - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Ter Abr 23, 2013 2:59 pm

A mulher chamava-se Ayla. Não era nada discreta na forma que olhava para elas e dava a impressão que ela podia ser meio doidinha da cabeça, mas ainda era precoce avaliar. Ela fala sobre o que Maya disse e afirma que todos os vampiros não passam de monstros, embora fosse difícil para Khloe considerar sua mãe como um monstro, mesmo com o pouquíssimo tempo que tiveram juntas. Talvez realmente houvessem exceções e ela acreditava que este fosse o caso de sua mãe, mesmo que não pudesse afirmar a 100%.

Fala então sobre uns vampiros que seguiam Set. Set pelo que se recordava era um deus egípcio, embora não se lembrasse do que, afinal mitologia egípcia nunca foi um assunto de grande interesse para ela. Dizia que os vampiros que seguiam o tal Set tinha amaldiçoado o povo dela e agora a morte os perseguia e então advertia para os perigos da vingança, olhando especialmente para Khloe, que responde, dividindo seus olhares entre Ayla e Maya:

– Acho que lugares obscuros e perigosos fazem parte da nossa nova condição, não? Sinto que perdemos o direito à nossa zona de conforto no momento em que nos transformamos e fomos trazidos para este outro lado. E… pelo que entendi por alto, é nossa obrigação dar um jeito nas coisas ruins que surjam no nosso caminho… ou será que entendi errado? Bem, se você quiser falar sobre isso, Ayla, seria bem legal, porque até agora, o pessoal tem sido bem econômico com respostas… como você já passou por isso antes, deve entender o nosso lado…
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - narração

Mensagem  Calixto em Ter Abr 23, 2013 4:30 pm

Calixto sentia-se puro Instinto, e chegando próximo de sua presa, se lançaria em um bote de pura fúria com as duas mãos agarrando-o e descarnando o pescoço da pobre criatura Com seus dentes, enquanto girava o corpo em seu próprio eixo, durante o salto, voltando suas costas e pernas para o Chão, que deslizariam no terreno, em uma manobra de freagem perfeita , assim como sua primeira caçada. Queria que seu pai pudesse ver. Extasiado, ele .pensa:

"O senhor meu pai ficaria orgulhoso dessa vez. Realmente mereço ser um lider, um homem... NÃO! Um Espirito-Lobo destinado!! Enfim, é verdade. Todo o sofrimento valeu a pena..."

Cospe o animal morto, que mantinha entre seus dentes, agarra pela perna do bicho desfalecido, e o arrasta de volta à aldeia
.
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maya - Narração

Mensagem  Maya Moreno em Ter Abr 23, 2013 5:49 pm

Maya iria responder, mas Khloe o faz primeiro, e como pedira mais explicações para aquela mulher, que, pelo olhar, indicava talvez alguns transtornos de ordem psicológica, decide aguardar pelas palavras dela. Olha-a, aguardando por seus esclarecimentos.
avatar
Maya Moreno

Mensagens : 85
Data de inscrição : 19/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Maya - Khloe

Mensagem  Narração em Qua Abr 24, 2013 10:54 pm

- Bem, nem sempre as respostas dadas são as que esperamos... E quanto a sua pergunta, mais ou menos. Sim... Muitas coisas ruins surgem em nosso caminho, e somos sábios em acabar com isso antes que acabe conosco.

Ela suspira, olhando para as duas, e dando de ombros.

- E aí chegamos à questão fundamental: não seríamos nós as coisas ruins, para muitos? Por isso, é complicado definirmos o que é bom, o que é ruim, baseando apenas em nós mesmos. Por mais que isso seja difícil...

E subitamente, uma quarta pessoa chega àquele grupo. Era Carlos, quieto, com sua costumeira voz baixa. Khloe ainda não o conhecia, e por isso, parecia tão estranho quando Ayla. Assim como ela, ele parecia ter ouvido um pouco antes de aproximar.

- Andou conversando com fantasmas de novo, Ayla? Elas são novas pra isso...
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Calixto

Mensagem  Narração em Qua Abr 24, 2013 10:56 pm

O animal não ofereceu qualquer dificuldade, e a resistência se limitou em se debater e gritar, em sua tentativa de talvez assustar e afastar a morte, algo que com certeza não podia fazer, contra um inimigo tão formidável. Calixto já estava se afastando bem daquele rio onde o pronunciamento foi feito, e matar alguma coisa certamente o ajudaria a tirar o velho da cabeça.

------
Se estiver indo pra área de convivência, poste na DIVISA.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maya - Khloe - Narração

Mensagem  Maya Moreno em Dom Abr 28, 2013 6:14 pm

Quando Carlos entra no grupo, dizendo que elas eram novas para ouvir o que Ayla falava, perguntando se esta havia falado com fantasmas “de novo”, Maya, retruca:

-- Bem, Carlos, o que a Ayla disse não é nada que eu não sabia, e, aliás, o que eu estava querendo dizer ainda há pouco… Não podemos julgar as pessoas simplesmente por algumas coisas que nos disseram sobre elas, ou baseados naquilo que dizem que todos somos, e creia-me, disso eu entendo bem… O que para uns parece bom, para outros, nem por isso. Quem parece mau para uma pessoa diretamente envolvida em um caso particular ruim, parece bom para outra pessoa diretamente envolvida em uma situação particular boa… Não se julga as pessoas por ações em grupo, porque cada um tem suas particularidades e motivações.

E depois da pequena aula, percebendo que Khloe não conhecia Carlos, trata de fazer novamente as apresentações:

-- Khloe, este é o Carlos, foi ele e mais outros 2 quem me encontraram na minha… “cena do crime”…

Diz, em tom soturno, e virando-se para Carlos, completa a apresentação:

-- Carlos, esta é Khloe…
avatar
Maya Moreno

Mensagens : 85
Data de inscrição : 19/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Maya - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Ter Abr 30, 2013 11:50 am

Enquanto Ayla falava, Khloe pensava que se ela mesma não fosse capaz de saber diferenciar o que era bom ou ruim, estaria num beco sem saída, até porque se fosse depender da opinião dos outros, não encontraria resposta alguma, já que para alguns algo pode ser bom e ela considerar ruim e vice-versa. Aquele ponto de vista de Ayla, era do tipo que só faria alguém correr atrás do próprio rabo e não levaria a lugar nenhum. Mas a chegada de um outro garou ao grupo, não lhe permite responder, já que Maya parecia conhecer o sujeito e responde ao que ele disse. Dava mesmo para perceber o jeito “advogado” de ser da garota, e Khloe até poderia concordar com aquilo tudo desde que o objeto da avaliação não fossem vampiros.

Pra vampiros ela só conseguia enxergar uma coisa bem simples: Ruim, mata!

Mas será que no fundo era assim? Será que ela teria se transformado em uma assassina só porque tinha se transformado em um garou? Teria mesmo coragem de sair matando qualquer coisa que tivesse presas e se alimentasse de sangue apenas por vingança?

Khloe se perde momentaneamente em seus pensamentos, voltando sua atenção ao grupo quando ouve Maya dizendo seu nome e apresentando-lhe ao “Carlos”. De forma amigável, porém sem sorrir nem nada, responde:

– “Hola”, Carlos!
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Maya - Khloe

Mensagem  Narração em Qui Maio 02, 2013 11:33 am

- Papo de advogado... Fóruns demais vão te fazer mal.

Carlos olhou para Khloe, esboçando um pequeno sorriso, o que não tornava a sua face muito mais amigável. Era um sujeito naturalmente mal encarado, pelo menos para pessoas que não o conheciam. Ao ouvir o nome, ele deu uma risada baixa.

- Holla, Khloe... Então você veio com o Rico, né? Sujeito legal, desde que não empreste dinheiro, porque nunca mais verá as malditas notas.

Ele riu um pouco. Ayla esboçou um pequeno sorriso, e não demorou a dizer.

- Então temos uma advogada entre nós? Talvez seja uma boa hora pra falar de nossas leis, então. Interessadas?
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Maya - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Qui Maio 02, 2013 4:34 pm

Khloe acaba por deixar um sorriso escapar ao ouvir o conselho de Carlos para não emprestar dinheiro para o Rico e então Ayla pergunta se elas queriam ouvir sobre leis, ao que Khloe balança positivamente a cabeça e diz:

– Totalmente. Manda ver!

Leis? Que tipo de leis os garou teriam? Estava curiosa e agora mais animada com aquela conversa.

avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maya - Khloe - Narração

Mensagem  Maya Moreno em Sex Maio 03, 2013 2:54 pm

Maya sorri e responde, após a afirmação de Khloe:

-- Sim, e com orgulho de o ser! Por favor, Ayla, estamos realmente ansiosas por instruções mais efetivas…

E aguardava pelas mesmas. Parecia que finalmente, era chegada a hora de começar a receber as instruções sobre o novo mundo em que adentravam.
avatar
Maya Moreno

Mensagens : 85
Data de inscrição : 19/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Maya - Khloe

Mensagem  Narração em Sab Maio 04, 2013 2:28 pm

- Já que as duas concordam, vamos caçar um lugar pra ficar, porque isso vai demorar. Nossas leis são poucas, mas não podemos ser negligentes, certo?

Disse Carlos, dando algumas olhadas nos arredores, parecia procura por algo, uma direção para ir, e assim que a encontrou, começou a caminhar lentamente. Ayla o seguiu, e parecia saber para onde estava indo. Ayla disse para as duas.

- Vamos? Enquanto isso, falaremos sobre a nossa primeira lei. É algo que pode deixá-las confusas, mas logo entenderão sua importância. Ah, e nossa Constituição, chama-se Litania.

Carlos riu um pouco, já voltando a falar.

- E nossa primeira lei é: Não te acasalarás com outro Garou. Nossa primeira, e mais básica lei. Nós devemos ser irmãos, não amantes. Claro, que não é seguida por todos, e não serão poucas as vezes que verão o resultado desse crime.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Narração - Maya

Mensagem  Khloe Lykainion em Sab Maio 25, 2013 5:29 pm

Khloe não entende o motivo para que mudassem de lugar, achava que tinham mais do que privacidade onde estavam, mas não liga e apenas se levanta e segue o povo, ansiosa por ouvir o que Ayla tinha a dizer sobre as leis dos garous.

A primeira lei da tal Litania, que era como uma Constituição da espécie, dizia respeito a não se “acasalar” com os da espécie. Khloe acha aquilo estranho e logo questiona:

– Mas… como assim crime? Por que? Que mal tem em se envolver com alguém da… “espécie”?

Não que ela estivesse interessada ou preocupada em se envolver com alguém para ter filhos, mas queria entender aquela parada.
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Coração do Caerm - Seita das Águas Serpentinas

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum