Rodovia Cidade - Parque

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Rodovia Cidade - Parque

Mensagem  Narração em Qua Jan 23, 2013 12:05 pm

Apenas uma estrada.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe

Mensagem  Narração em Qua Jan 23, 2013 12:12 pm

O caminho foi silencioso por algum tempo. Demetria estava distraída com a paisagem, Anthony estava prestando atenção na estrada , e Rico não podia ser visto por Khloe, por estar logo à sua frente, mas ela podia jurar que ouvia alguns murmúrios do mesmo, como se estivesse falando dozinho. Ao ter sua atenção chamada, Demetria a olha, ainda sem falar. Mas logo sorri.

- Obrigada, Darling.

Com a pergunta, a loira reflete um pouco, mas logo responde, com uma pompa pouco vista por Khloe, embora suas palavras não tenham sido muito complexas e enroladas.

- Descobri na infância. Ainda não sabe nada sobre isso, mas como logo descobrirá, não tem problema. Sou uma das honoráveis Presas de Prata. Não crescemos ignorantes. Talvez seja por isso que sejamos os senhores de nossa raça.

Ela sorri, mas Anthony dá uma risada abafada, e Rico parece limpar a garganta, rindo em seguida.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Qua Jan 23, 2013 2:40 pm

Khloe ouve as palavras de Demetria. Ela parecia ter orgulho ao se expressar. Dizia que tinha descoberto na infância e que era uma Presas de Prata, os senhores da raça deles. As risadas dos dois da frente fazem Khloe pensar que, ou eles não concordavam, ou Demetria estava curtindo com a cara dela. Mas como ela realmente era ignorante no assunto, não liga muito e continua a perguntar:

– Na infância? Sério? My God, imagine você, uma menina, se transformando em lobo assim de repente?! Mas… por que esses dois aí estão rindo? Por acaso você disse algo que é divertido e eu não entendi, ou eles não concordam com o que você disse?

Se eles estivessem rindo do que Demetria dizia, talvez a loba pudesse ficar chateada com eles e isso pudesse vir a ser útil para Khloe, não que ela fosse grande manipuladora, mas havia o ditado: “A necessidade é que faz o ladrão.”, e ela estava tentando justamente isso, descobrir pontos fracos de seus “inimigos”.


avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Olhos-Cinzentos - Narração

Mensagem  Noh-Tante em Qua Jan 23, 2013 5:49 pm

* Emite um longo bocejo *

* Coça atrás das orelhas *

* Deita no chão esperando a viagem terminar, ou alguém dizer alguma coisa sobre pra onde iremos *
avatar
Noh-Tante

Mensagens : 41
Data de inscrição : 17/01/2013
Idade : 26
Localização : México

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe

Mensagem  Narração em Qua Jan 23, 2013 5:56 pm

- Não, não me transformei na infância... Mas já sabia qual seria meu glorioso destino, disso sabia!

A loira logo acena negativamente, cruzando seus lábios e olhando para os bancos dianteiros, rindo um pouquinho no final.

- Eles apenas têm ciúmes... Principalmente o Rico!

E agora, o sujeito no banco de carona responde, em um tom até mesmo brincalhão.

- Ok, imperatriz... Agora sossega o facho que ela não quer saber de como você é nobre e fodona.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Olhos Cinzentos

Mensagem  Narração em Qua Jan 23, 2013 5:58 pm

O silêncio perdura naquele lugar escuro. Olhos-Cinzentos, como um ser imediatista, poderia se sentir entediado, e estranhamente confuso pelo motivo de estar sendo evitado e temido por seus companheiros de alcateia.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Qua Jan 23, 2013 6:07 pm

Khloe então questiona:

– Mas por que tem ciúmes? Eles também não são como você, Presas de Prata? Você é quem manda neles, é isso? Acho ótimo, as mulheres tem muito mais habilidade e capacidade para liderar do que os homens!

Ao menos estava descobrindo coisas, que ainda não faziam muito sentido para ela, era verdade, mas já era qualquer coisa.

avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe

Mensagem  Narração em Qua Jan 23, 2013 8:54 pm

- Não. Quem manda aqui sou eu. Já ouviu a palavra “Alfa?” Pelo visto, você é do tipo feminista, né? Portanto, acostume-se com essa palavra, “Alfa”. Raramente será direcionada a uma mulher ou fêmea. Terá que trabalhar duro se um dia quiser mostrar essas habilidades e capacidades.

Rico disse sem sentimentos na voz. Mas parecia querer desafiá-la a algo. Demetria ficava quieta, assim como Anthony. Khloe já devia imaginar que ele fosse o líder naquele grupo, e aquilo apenas confirmou suas suspeitas.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Olhos-Cinzentos - Narração

Mensagem  Noh-Tante em Qui Jan 24, 2013 9:53 am

* Dirige-se até o fundo da caixa, onde estão seus amigos e familiares *

- Nos conhecemos desde que nasci. Eu protegi vocês, cuidei de vocês e lutei contra seus inimigos. Porque viram as costas pra mim?

* Solta um ganido lamurioso *
avatar
Noh-Tante

Mensagens : 41
Data de inscrição : 17/01/2013
Idade : 26
Localização : México

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Qui Jan 24, 2013 11:09 am



Rico se mete na conversa e todos se calam. As palavras dele fazem Khloe semicerrar os olhos e fechar os punhos. Pensa que Demetria só tinha papo, pois Rico coloca banca de o grande macho do grupo e a outra quase se encolhe. É, ele mostrava que mandava nos dois, e era por isso que desde o início foi ele que conduziu a conversa com ela, por isso que Demetria foi cumprir a ordem dele quando ela voltou com o sobretudo pra ela. Sem aguentar ela dá uma risada repleta de ironia:

– Ha,ha, ha, ha, ha, ha, ha, ha.

Não o via, pois ele estava no banco à frente, mas fala o que pensa:

– É claro que eu sou feminista, ou você estava pensando que eu era mais uma dessas tolas mulheres subservientes e machistas que existem aos milhares pelo mundo?! Se pensou, está muito enganado, ó grande alfa!!! Eu não me encolho só porque um homem fala, eu não me dobro diante de homem nenhum! Se eu discordo eu falo, se eu não concordo, não abro mão do meu ponto de vista apenas para agradar um machinho qualquer. Não é porque as mulheres foram induzidas pelas malditas sociedades patriarcais ao longo de milénios, a pensar que foram feitas para agradar e servir os homens, que foram criadas inferiores, que eu vou ser mais uma nesta triste estatística de mulheres que não tem um pingo de respeito por si mesmas! Eu tenho tanto valor quanto qualquer homem ou quanto qualquer mulher! E onde houver um idiota pregando que ele é melhor só porque tem a porra de um pinto no meio das pernas, eu vou lá desafia-lo a mostrar a sua superioridade! Se quer saber, este mundo esta esta merda, porque foram os homens que lideraram isto tudo desde sempre! Mas as coisas vão mudar e já estão mudando, você verá que no dia que as mulheres compreenderem todo o poder que possuem e tomarem as rédeas de tudo, este mundo vai se transformar num lugar infinitamente melhor! Mas pra isso, precisamos sim de feministas, muitas mais do que existem hoje!!!

Diz de uma vez só, tomada por uma paixão. Detestava os homens machistas, que tratavam as mulheres como seres inferiores e incapazes de fazer o que eles faziam. Detestava qualquer tipo de superioridade. Detestava mulheres que se dobravam ao machismo. Não era do tipo que não aceitava lideranças, não era isso, mas ninguém iria obriga-la a seguir ou apoiar qualquer coisa que não concordasse, muito menos um idiota que se achava só por causa de seu sexo.
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe

Mensagem  Narração em Qui Jan 24, 2013 12:39 pm

Rico a deixa falar, despreocupado. Quando termina, ela pode ver o rosto do mesmo no retrovisor, com um sorriso desafiador nos lábios.

- Vê como precisa do que está acontecendo? Até ontem, viveu em um mundo onde espernear dá frutos. Agora, suas ideias não valem de nada, absolutamente nada. Tudo no que você acredita se resume ao que você pode fazer. Quer liderança para as mulheres? Mostre-me uma capaz. Quer liderar? Seja capaz. Enquanto não for, guarde suas baboseiras onde não vão encher o saco de alguém. Depois da primeira transformação, força física não é o problema. Aprenda o que puder, e um dia talvez realize seu pequeno sonho.

E após as ultimas palavras, ele se cala. Demetria coloca uma mão no ombro de Khloe, acenando negativamente. A jovem podia entender que aquilo queria dizer para não continuar com a discussão. Havia até um certo temor em seu olhar.

avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Qui Jan 24, 2013 1:20 pm

Khloe ouve o discurso machista de Rico e ao final, Demetria parecia uma loba assustada com o rabo entre as pernas, sugerindo que Khloe não continuasse a discussão com Rico, mas se ela não continuasse ela estaria anulando tudo o que acabara de dizer, de forma que balança negativamente a cabeça para Demetria e continua falando:

– Se as minhas palavras enchem o teu saco, é porque você não aprendeu o valor do respeito a opinião alheia. Se acha que a sua palavra tem que ser a última, consiga o meu respeito, que virá através da minha concordância às suas ideias, e não através do medo ou da força bruta, porque assim não é respeito, é apenas intimidação. Quem gosta de intimidar, são os fracos que se acham fortes. Os fortes de verdade tem aliados e seguidores ao seu lado, que conquistam porque cativam e sabem trata-los como iguais e com respeito. Se pra aprender o que eu tenho que aprender vai ser na base de ameaças e violências, então é melhor que você acabe logo com isso, porque eu não vou me calar e nem vou me transformar em um mero reflexo do que acredito ser o certo, só para agradar você!

Dizia de forma convicta e pronta para o que viesse. Talvez ele mandasse parar o carro e a executasse ali mesmo, na beira da estrada, não importava, não estava interessada em ser uma Demetria que se encolhia porque o Alfa mandava.
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe

Mensagem  Narração em Qui Jan 24, 2013 1:31 pm

Rico passou uma mão pelos cabelos, como se coçasse a cabeça. Suspirou profundamente, de maneira pesada, como alguém ficando claramente sem paciência, o que todos sabiam que não era o forte do mesmo. De maneira direta, disse.

- Ainda não viu nada, garota. Espere e concordará.

Após cerca de meia hora na estrada, o carro começa a diminuir, entrando em uma estrada menor que a grande rodovia, parando de frente a algo que parece uma guarita de segurança, perto de um portão unido a uma cerca alta. Todos saíram do carro imediatamente. Demetria respirou fundo, logo se transformando novamente no lobo branco de antes. O loiro fez o mesmo, embora sua cor seja um caramelo claro, quase dourado. Rico permaneceu em sua forma humana, dirigindo-se a um dos homens na guarita. Khloe poderia ouvir sua voz, embora baixa àquela distância.

- Sabe o procedimento. Guarde o carro.

avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Qui Jan 24, 2013 2:19 pm

Khloe estava esperando qualquer coisa, desde ser executada até tomar uma patada bem grande de Rico, mas não foi o que aconteceu. O que ele disse até a surpreendeu.

“Hum… afinal talvez ele não seja um completo traste…”

Olha para Demetria como se dissesse: “Tá vendo? Você não deve temer os homens!”

Ela se cala e finalmente o carro vai parando em um local que de primeira, Khloe não reconhece o que seja. Guarita, portão e cercas altas. Todos saem do carro, e admirada, Khloe vê tanto Demetria quanto Anthony se transformando em lobos diante de seus olhos.

“Cool!”

Bem, até agora ninguém tinha amarrado ela e diabos, seria mesmo verdade que ela também aprenderia a fazer aquilo? E se ela pegasse o carro e fugisse agora? Rico tinha ido pra guarita e os outros dois tinham se transformado em lobos. Talvez conseguisse fugir… Mas se fugisse daria as costas para a possibilidade de descobrir o que jamais imaginou ser possível.

Era ela que perderia, não?

Enquanto sentia a indecisão tocando-lhe, olha novamente para os lobos. Não, não podia. Aquilo era insano demais para que ela simplesmente virasse as costas agora. Fosse o que fosse, ela era mulher suficiente para encarar… e no final de tudo, quem sabe aquilo não lhe rendesse ideias para um jogo, hum?

Dá um sorriso maroto e fala para que a loba Demetria ouvisse:

– Precisa me ensinar a fazer isso…

E assim apenas espera, pois já não se sentia mais tão prisioneira quanto antes, mas sim, quem sabe talvez fosse uma convidada a descobrir novos mistérios que a vida colocava em seu caminho?
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe

Mensagem  Narração em Qui Jan 24, 2013 4:39 pm

Demetria faz um som estranho qualquer, como se estivesse falando com Khloe. Um dos guardas pegou o carro, ligando-o e levanto para uma espécie de estacionamento que havia ali perto. O outro ficou na guarita, apertando um botão que abriu o enorme portão. Já dentro, não havia nenhum sinal de civilização. Apenas um ambiente selvagem, pouco iluminado pela lua crescente. Anthony e Demetria entraram primeiro, uivando o mais alto que podiam por um bom tempo. Apenas alguns instantes depois, Khloe pôde ouvir um uivo distante, como se os respondesse. É só então que os lobos adiantam seu caminho, e Rico a olha.

- Vamos. O resto do caminho será feito à pé. Será uma noite longa.

Ela estava “sozinha”, distante de qualquer cidade e no meio da escuridão. Por isso, ele nem mesmo se importou em seguir na frente, sem olhá-la.

---

Continue no tópico da DIVISA.

avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração

Mensagem  Calixto em Sex Jan 25, 2013 5:51 pm

Aron acelera para fora da cidade. E da mesma forma que antes, continua com suas respostas vagas e desinteressadas. Criando ainda mais questionamentos na mente do índio.

- Certo... Você tem talento para instrução. E se eu sou um espírito-lobo também, porque eu não me transformo igual vocês? E porque ele não fala?

Aponta para o lobo que ficava sempre à parte daquela conversa, e qualquer outra. E voltando-se para a estrada, continua.

- E pra onde é que estamos indo?

avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Calixto

Mensagem  Narração em Sex Jan 25, 2013 6:16 pm

- Ele fala. Você apenas não entende. Tudo nessa vida deve ser aprendido, mesmo as coisas mais fáceis.

O lobo estava observando, mantendo uma curiosa atenção, tanto na conversa quanto no exterior.

- Estamos indo para algo que você poderia chamar de um grande templo.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração

Mensagem  Calixto em Sex Jan 25, 2013 9:04 pm

Aron parece falar com um pouco mais de sabedoria, então ele se comunicava com o outro lobo e simplesmente é Calixto que ainda não entende.

"Deveras interessante..."

- Oh... e como, quando é que vou poder me entender com ele? E falar sobre as outras criaturas espirituais? Por acaso será nesse grande templo? Existe realmente uma estrada física que leva aos céus?

Decide manter os diálogos curtos, e fingir entender tudo que o espírito-lobo vermelho diz.


Última edição por Calixto em Sab Jan 26, 2013 10:46 am, editado 1 vez(es)
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Calixto

Mensagem  Narração em Sab Jan 26, 2013 10:38 am

- É, sim. O que você tiver que aprender pra ficar pronto, será lá.

E em pouco mais de 10 minutos, o carro entra em uma estrada menor, parando diante de algo que parece uma guarita de segurança.

- Ok. Todo mundo descendo.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração

Mensagem  Calixto em Sab Jan 26, 2013 10:50 am

Finalmente param em frente de uma guarita de segurança no meio do nada. Ele esperava algo diferente, mas nada diz sobre. Então Aron manda todos descerem, e o índio abre a porta e desce, olhando tudo ao redor, com uma expressão de: "que lugar é esse", na cara.

- Aqui que é esse grande templo? Er... legal. E agora?
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Calixto

Mensagem  Narração em Sab Jan 26, 2013 2:07 pm

Quando todos descem, um homem pega o carro, ligando-o e levando-o para outro lugar. O lobo vai à frente, uivando a plenos pulmões. Logo um uivo alto é ouvido de volta. Aron segue o lobo, indicando que Calixto devia seguí-lo.

- Sim, e não. O centro da coisa é mais pra dentro.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Olhos-Cinzentos - Narração

Mensagem  Noh-Tante em Sab Jan 26, 2013 3:25 pm

* Acorda depois de um longo cochilo e espreguiça suas patas *

* Olha em volta, sem reconhecer o lugar onde está *

" Mas como....Ah sim, lembrei. Estou trancado em uma caixa com um bando de covardes que eu protegi de dois humanos abusivos e que agora me odeiam, indo para um lugar desconhecido com um humano que fala a língua dos lobos."

"OK"
avatar
Noh-Tante

Mensagens : 41
Data de inscrição : 17/01/2013
Idade : 26
Localização : México

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Olhos Cinzentos

Mensagem  Narração em Seg Jan 28, 2013 10:33 am

Os lobos dormiam, e o sujeito que antes era um humano continuava assentado, desinteressado no que acontecia dentro daquele lugar. Aos poucos, o movimento vai cessando, e Olhos Cinzentos pode ouvir estranhos sons logo à frente, e também algumas vozes humanas.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maya - Narração

Mensagem  Maya Moreno em Seg Jan 28, 2013 12:23 pm

Maya até se surpreende com o cara que finalmente falou… Mantendo o tom baixinho pra não acordar os outros, responde:

-- Cara, eu sou uma advogada. Para nós, contra fatos, não há argumentos… Putz, vejo gente se transformando em outras “coisas” na minha frente, depois eu mesma faço o mesmo… o que quer que eu pense? Minha cabeça tá uma zona, acredite, uma bagunça total, porque vou ter que reformular simplesmente tudo o que aprendi até hoje, e, de quebra, ter que aprender a conviver com isso. Mas sou uma entusiasta e defensora da vida, e sempre acreditei que há um por que, uma razão para as coisas. O difícil é saber qual é… se você corre para as religiões, vai ver um montão de fanáticos, de gente que simplesmente se recusa a pensar e entrega os seus cérebros para o pastor, bispo, padre, líder religioso guiar e decidir por você, ou de gente que só quer explorar as fragilidades e ignorância alheia, e mais um monte de coisas que fazem você simplesmente correr disso… O que me liga ao “superior”, que eu gosto de chamar de Deusa, principalmente quando olho pra lua cheia, ou quando entro no mato de noite e sinto o cheiro da erva, das árvores, a brisa fresca que corre por entre as árvores enormes que são para mim mais sagradas que qualquer imagem de “nossa senhora”. É a natureza que me liga ao superior. É dos elementos que vem as forças, e eu acredito nisso. Então, se acredito nos elementos, se acredito na lua, na mata, na Deusa, por que não acreditaria nisso que está acontecendo comigo, ainda que meu coração sangre pela possibilidade de eu ter matado gente, principalmente gente inocente e animais a quem sempre defendi… isso me mata só de pensar! Aceitei sim, porque não sou nenhuma estúpida, mas isso não significa que eu não esteja com a cabeça dando nós e aflita por conhecer esse novo universo que se mostrou de forma tão comprovadamente real.

Maya finaliza sua explicação, até parecia que o cara estava duvidando dela, por isso achara melhor esclarecer.
avatar
Maya Moreno

Mensagens : 85
Data de inscrição : 19/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Maya

Mensagem  Narração em Seg Jan 28, 2013 1:12 pm

Carlos ouve o longo discurso de Carlos com meia atenção, dividindo-a com a estrada à sua frente. Como haviam mais carros, ônibus e caminhões chegando na cidade do que saindo, aquela mão estava bem vazia, o que o permite acelerar sem grandes preocupações. Quando ela termine, ele ri um pouco, voltando a falar.

- É, é advogada mesmo... Discursos longos... Mas é bom que esteja pelo menos dando uma chance pra essa vida nova. Talvez ela seja longa.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rodovia Cidade - Parque

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum