RUAS - Região Sul

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

RUAS - Região Sul

Mensagem  Narração em Dom Jun 01, 2014 7:22 pm

Região Sul da cidade
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Matilha

Mensagem  Khloe Lykainion em Seg Jun 02, 2014 7:14 am

Khloe balança negativamente a cabeça. Aquilo não parecia nada certo, mas Khloe tinha consciência de que era apenas uma filhote e que começava a dar os seus primeiros passos dentro de sua nova vida e por isso, resolve calar-se. Não seria sábio ir contra o que não se conhecia… ainda.

De qualquer forma, essa proximidade com os vampiros com quem se relacionavam, poderia ser útil para seus planos futuros. Se esses não podiam matar, os do outro grupo, o tal Sabá, poderiam, certo?

Tentava digerir aquelas informações meio indigestas, afinal, a idéia de que sem a “cooperação” de vampiros não conseguiriam manter uma base na cidade, era algo alarmante, de forma que questiona:

– Josesito, não entendo. Nossa situação é tão frágil que sem a “cooperação” de vampiros não teríamos condições de manter uma base na cidade?

avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração - Khloe

Mensagem  Calixto em Seg Jun 02, 2014 7:25 am

O índio ainda não está satisfeito com a resposta do roedor de ossos. E nem quer saber sobre a pergunta de Khloe, que para o Wendigo continuava sendo inadmissível aliar-se com demônios como semelhantes cooperativos.

- VocÊ quer dizer que esses vampiros trabalham para nós. Certo?

E seria possível ver o púrpura dos olhos de Calixto brilhando.
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe - Calixto

Mensagem  Narração em Seg Jun 02, 2014 4:11 pm

Josesito primeiro respondeu a pergunta de Khloe, dando uma rápida olhada pelo retrovisor.

- Basicamente. Nossos números são pequenos, e os inimigos são muitos. Se ficarmos confinados ao Caern, os inimigos florescem, ficam mais ousados, se organizam melhor. Se ficarmos de mais na cidade, o Caern fica vulnerável a ataques. Não temos números suficientes pra buscar informações, e além de não termos os números, não temos a habilidade desses caras em espionar lugares perigosos.

E então, olhou para o lado, respondendo Calixton.

- Bem, eu não diria que trabalham pra nós. Nós os deixamos em paz, e em troca eles não se aproximam dos nossos parentes, e ainda nos dão informações mais precisas do que poderíamos ter sozinhos. Eles raramente precisam de ajuda com algo. São fortes... E bem, estamos quase chegando.

O carro passava por uma região bem escura. Os postes eram poucos, e a maioria tinha algum defeito, alguns fracos, outros piscando. Josesito parou ao lado de uma vala retangular. Pareciam diante de um lugar de escoamento dos esgotos. Haviam alguns canos grossos, de onde água saía, enchendo a vala, que escoava pra outro lugar. Atrás da vala, havia um prédio de uns 3 andares, cheio de pichações, e parecia que tudo estava apagado. Apesar daquela água que aparentemente vinha do esgoto, não havia qualquer cheiro ruim e pútrido, que alguém poderia esperar de um esgoto. Josesito deu uma buzinada fraca, dizendo pra Calixto.

- E fique calmo. Nós vamos descer um pouco no esgoto. Se perder o controle lá em baixo, estamos mortos. E falo sério.

avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Matilha

Mensagem  Khloe Lykainion em Ter Jun 03, 2014 6:34 am

Aquela “realidade” não era nada agradável. Quer dizer, apesar de serem superiores “perdiam” por que eram poucos e por isso precisavam se sujeitar a trabalhar com o “inimigo”? Sim, aquilo de fato era bem alarmante.

Seguiam por uma zona bastante precária, algo que Khloe não estava acostumada a ver no Canadá. Quando param diante de um local de péssimo aspecto e Josesito fala para Calixto ficar calmo porque eles iriam descer no esgoto, Khloe arregala os olhos e exclama:

– Como assim descer nos esgotos?! Por que?

Olha de relance para Maya, que durante todo o trajeto mal abrira a boca. De tão calada, nem parecia aquela que tinha conhecido meses atrás.

avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração - Khloe

Mensagem  Calixto em Ter Jun 03, 2014 7:39 am

Calixto não gostou da resposta. Khloe questionar a descida no esgoto - "como se isso fosse o mais baixo que estivessemos descendo." - pensa em seguida.

- Desceremos na forma de Crinos, imagino? Ou devemos ir o mais vulnerável possível como forma de boa vontade com os nossos inimigos mortais?

Pergunta em ironia para o roedor de ossos que os liderava...
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe - Calixto

Mensagem  Narração em Ter Jun 03, 2014 10:45 am

- Se estiver disposto a ir abaixado... O espaço não é tão grande assim. Mas no geral, não se preocupem. É o esgoto mais limpo que já vi.

Não demorou até que apareceu um sujeito diante do carro, com uma lanterna, iluminando o inferior. Em sua outra ao havia um rádio, onde ele falou em voz baixa, mas alta o suficiente pra que todos dentro do carro ouvissem: “4”. Foi ouvido um ruído difícil de decifrar, vindo do rádio, e então o homem se aproximou da janela de Josesito, dizendo em voz alta

- Podem entrar.

O mesmo homem então se afastou, entrando no prédio atrás da vala, passando pela pequena ponte de concreto que ligava a rua ao prédio. Josesito esperou. Maya parecia incomodada, passando uma mão por sua testa e rosto. Mas parecia a menos incomodada com aquele assunto.

- Ok, pessoal. Vamos lá.

Josesito então saiu do carro, aproximando-se daquela vala. Pulou. Não era mais de dois metros de altura, e a água estava aí a uns 40 cm de altura, bem agitada. Estranhamente, era água limpa. Maya ficou na beirada daquilo, observando, e assim que os outros dois chegaram, Josesito falou.

- Pulem logo, não queremos ficar dando sopa aqui. Esse cano do canto, aqui, é a entrada. Venham!!

E então ele puxou a grade que fechava aquele grande cano, entrando ali engatinhando, já que não era tão grande assim. Mas também não tão pequeno. Maya relutou, mas logo o acompanhou. Khloe e Calixto perceberiam que dentro daquilo era bem frio, e a água corria dali para a vala. A escuridão era total.

avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Matilha

Mensagem  Khloe Lykainion em Ter Jun 03, 2014 11:19 am

A Fúria estava cada vez mais intrigada. Josesito não responde ao seu questionamento e ela não estava gostando de ter que seguir alguém sem saber exatamente os motivos e o que esperar desta “visita aos esgotos” que iriam fazer. Um homem surge, uma espécie de segurança talvez, e após falar no rádio, libera a “entrada” deles.

Maya continuava muda, sem nada falar e logo Josesito seguia para a “entrada”. Só de pensar em ter que andar no meio de dejetos humanos, o humor da Fúria já se altera. Ela não iria se embrenhar no meio da merda sem que tivesse para isso um motivo muito grande. Reticente, ela sai do carro e olha, então se surpreende. A água era limpa, o que era menos um ponto negativo, mas aquilo não parecia certo.

“Dando sopa pro quê ou pra quem?” – Pensa Khloe ao ouvir o líder apressando-os para pularem naquela vala e seguirem para dentro de um cano em meio a uma escuridão.

Maya é a primeira a seguir atrás do líder, restava ela e Calixto ainda do lado de fora.

– Isto não me parece nada certo…Nada mesmo!

Resmunga com certa irritação, antes de pular para dentro do local. Repleta de contragosto, antes de se abaixar para entrar no cano e seguir o restante do grupo em meio aquele espaço apertado, frio e escuro, resolve que seria prudente ficar um pouco mais prevenida para qualquer contratempo, e por isso se concentra para assumir a forma de GLABRO. Apenas após assumir esta forma, é que “entra pelo cano”.

“Espero não estar entrando pelo cano, literalmente.”

Tinha tomado a decisão de seguir o líder, embora ele não fosse mais do que um recém-conhecido para ela. Esperava não se arrepender, mas que estava desconfiada, isso estava.

____________________________.

OFF: Mudo para forma de GLABRO.
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração - Khloe

Mensagem  Calixto em Ter Jun 03, 2014 3:57 pm

O Wendigo fica cada vez mais desconfiado, enquanto Josesito parecia querer empurrá-los para o buraco com pressa demais. Khloe era a única que também desconfiava daquela situação. Ela assume a forma de Glabo e para o índio, nessa forma, ainda ficaria em desvantagem por falta de mobilidade devido seu tamanho. E já que deveria passar engatinhando, iria na forma de Hispo.

- A coisa só piora...

Diz o índio como que para os espíritos...
Tira as calças e o colete indígena, e então se transforma.

--------------
Assume a forma de Hispo.
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe - Calixto

Mensagem  Narração em Ter Jun 03, 2014 8:33 pm

- Relaxa, Khloe. Isso aqui é rotina.

Disse Josesito, acenando negativamente ao notar que Calixto estava na forma de Hispo, claramente visível. Khloe parecia um pouco maior, mas a escuridão ali não dava certeza de nada. Ficaram daquela forma por uns 10 minutos, até finalmente saírem em um túnel, onde uma lâmpada estava acesa. Haviam duas plataformas mais altas, com uma vala no meio, de onde saía aquela água. Josesito subiu em uma das plataformas, na onde estavam 3 pessoas. Usavam roupas bem pesadas, capuzes. As cores eram mais pra marrons ou cinzas. Iluminados por uma pequena lâmpada, os 3 jovens poderiam notar que os 3 tinham rostos completamente deformados, parecendo uma mistura de cadáveres e leprosos. O do meio estava um pouco à frente, segurando seu pulso diante do corpo. Ele observou o grupo, dando uma olhada mais demorada em Calixto, e outra em Khloe. Ele disse em uma voz estranha, quase como se estivesse com algum líquido em sua garganta, em um tom arranhado e até mesmo bolhoso.

[Anfitrião ] – Hmm, rostos novos. Novos e desconfiados... É a primeira vez que um de vocês entra aqui assim. Acaso perderam a fé em nosso pacto, Josesito?

O ser olhou para Josesito. Khloe tinha alguma experiência com Vampiros, e mesmo que uma das vampiras que viu fosse bem deformada, nada chegada perto daquilo. Na verdade, era a coisa mais feia que havia visto em sua vida. Já Calixto havia visto algo de feiúra equivalente, naquele maldito galpão. Maya parecia um pouco pálida, ansiosa, olhando ao redor a todo momento.

[Josesito] – Nada disso. Eles são jovens, apenas. Ainda com as cabeças cheias de teoria, mas pouca prática.

[Anfitrião] – Percebo... Bem, acompanhem-nos. Um túnel como esse não é um bom lugar para conhecer as novas faces.

Os 3 se viraram, caminhando na frente, mantendo a mesma conformação de antes. Caminharam pelos túneis, fazendo algumas curvas, passando por algumas pequenas pontes, até que chegaram a um lugar de maior iluminação. Um grande salão, repleto de prateleiras com livros, alguns sofás velhos e uns tapetes velhos e empoeirados jogados ao chão Um leve odor azedo permeava o ar. O do meio caminhou até chegar à primeira porta que viam ali, de metal, dizendo para Josesito.

- Venha, vamos conversar em minha sala particular. Os jovens podem esperar aqui.

E então, abriu a porta. Josesito disse para os 3.

- Relaxem e me esperem. Não vamos demorar muito.

E assim seguiu com aquele ser deformado para dentro de sua sala. A porta foi fechada, e os 3 foram deixados ali com os 2 que acompanhavam o anfitrião. Um deles parecia um tanto louco, movendo sua boca de maneira trêmula, chegando a dar algumas risadas histéricas, bem baixas, e é rapidamente repreendido pelo outro, que faz com que o outro o acompanhe, indo pela outra saída daquele salão, oposta àquela por onde a matilha entrou. Maya diz em voz baixa, preocupada.

- Esse lugar tá me deixando louca...
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração - Khloe

Mensagem  Calixto em Qua Jun 04, 2014 11:41 am

O enorme Hispo branco de olhar púrpura, caminha inquieto por todos os cantos, farejando. E ao ver os dois outros servos da wyrm indo à outra porta, não tem dúvidas, fala na língua garou às suas irmãs de matilha.

- Irei verificar aqueles dois, e o corredor.

Anda um pouco.

- Estejamos preparados para a guerra de verdade, irmãs. A Litania nos ordena que matemos as crias da wyrm onde quer que a encontremos. Somos obedientes?

Dar mais algumas voltas pela sala, determinado.

-  Não teremos melhor oportunidade. Estamos na toca do inimigo, quando Josesito voltar com as informações, eu começo a matança. Se preparem.

Usa o dom de inspiração para fortalecer a vontade de suas irmãs e irmão de matilha. E anda com cautela até a saída que seguira os nosferatus fedorentos.

__________

Usa o dom inspiração.
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Qua Jun 04, 2014 4:11 pm

Após o percurso que parecia uma eternidade dentro daquele cano, eles chegam a um local onde finalmente podem se colocar de pé e ver rostos tão lindos quanto o que poderiam encontrar dentro de caixões enterrados há algum tempo. Aqueles eram os anfitriões vampiros. Na verdade, aquelas criaturas mais pareciam uma mistura de zumbis com monstros de pesadelos. Era algo de revirar o estômago, algo que ela não viu quando encontrou sua mãe, por aqueles breves, torturantes e inesquecíveis instantes.

Aquele mix de recordações fazem com que a Fúria por alguns instantes, nem ouça o que eles falavam com Josesito e logo estavam andando novamente, para um outro local. Khloe observa tudo, tentando memorizar os caminhos pelos quais passavam. Aquele cenário certamente serviria para algum game do estilo horror survival e a sensação que Khloe tinha não era nada agradável.

Josesito segue com o que deveria ser o líder deles, deixando a matilha na companhia dos outros dois, que não demoram a partir após um que parecia ser meio maluco ser repreendido pelo outro. Agora estavam os 3 Garou a sós ali. Maya parecia bastante tensa e Khloe responde ao comentário dela:

– Não é pra menos…

Calixto começa a circular pelo local, para espiar os dois que saíram e então começa a sugerir um ataque aos vampiros tão logo Josesito retornasse. Khloe até concordava com Calixto e adoraria poder dar fim aos vampiros, mas…

“No que você está pensando Khloe?! Não é sábio… Certamente não são apenas 3 e estamos no covil deles. Estes são os informantes da seita, existem outros para direcionar sua fúria… além disso, o líder ia ficar furioso se nós ferrássemos como tudo logo no primeiro dia. Mas se ao menos eu pudesse arrancar a cabeça de um deles… “

A Theurge permanece em silêncio, num terrível dilema, considerando a proposta de Calixto, e embora seus instintos de vingança fervilhassem dentro de si, busca em seu íntimo sabedoria e ponderação, e fazendo um enorme esforço, aquieta os impulsos da fera que desejava se banquetear no sangue dos inimigos.

Olha para Maya, esperando para ver se ela diria algo sobre a proposta de Calixto ou se também permaneceria em silêncio.

______________________________.

OFF: Khloe gasta 1 pt de FDV para ignorar seu desejo de vingança.
Obrigada por me forçar a gastar 1pt de FDV, viu Calixto com sua língua grande e seus planos suicidas!?


avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe - Calixto

Mensagem  Narração em Qua Jun 04, 2014 9:04 pm

Maya arregalou os olhos, quase gritando pra que Calixto parasse de falar, até parece ser lembrar de que apenas eles entenderiam o que ele falava. Ela pareceu ficando ansiosa, rangendo seus dentes e franzindo a testa, chegando a colocar uma mão na mesma.

- Calixto, você vai nos matar. Olha o tamanho desse lugar. Acha mesmo que são só aqueles três?

Ela disse nervosa, em voz baixa, pra que ninguém fora dos poucos metros quadrados pudesse ouvir o que falava. Subitamente, um barulho de cadeira sendo arrastada de maneira brusca é ouvido de dentro da sala onde Josesito e o líder dos cadáveres conversavam, e depois, uma mistura de grito baixo, com algo parecido com alguém se afogando. Maya arregala os olhos, correndo imediatamente na direção da porta, e quando a abre, os outros dois poderiam ver apenas um pé saindo da porta, batendo no peito de Maya e a arremessando por uns bons metros, fazendo-a cair tonta, chegando a vomitar um pouco de sangue.

- Arrggggghhh...

Disse ela, com as mãos na barriga, rolando um pouco. Nada passa pela porta. Quem quer que tenha chutado Maya, voltou lá pra dentro. Dali, poderiam ver Josesito na cadeira, com o pescoço destruído por um corte, com a cabeça pendendo pra trás. Mas estranhamente, de um modo que jamais podiam imaginar, ele sobrevive, se transformando em sua forma Crinos, com a cabeça presa apenas pela espinha. Sua estrutura não era impressionante como a de Calixto, mas tinha mais de 2,70 de altura. Ele saiu daquela porta cambaleando, chegando a quebrar um pouco da parede em volta dela, já caindo sobre as mãos e joelhos, com bastante sangue descendo do corte no pescoço, mas ele parecia manter a calma, e eles podiam ver que o sangramento diminuía, como se o ferimento estivesse se fechando rapidamente, e estava.
Do outro lado, Maya também se transforma, tomando uma coloração castanha clara, já se levantando, em uma situação bem melhor que a se Josesito. Correndo na direção do grupo, ela grita pra Khloe, em um verdadeiro rugido

- Cura ele!!

E nesse momento, o grupo se vê cercado de cadáveres leprosos. O primeiro salta na direção de Maya, que o rasga ao meio com um golpe de suas garras. Um segundo aparece literalmente do nada, dando um belo soco nas costelas de Calixto, forte o bastante pra jogá-lo por dois metros, batendo as outras costelas na parede, mas para o Wendigo, aquilo não era nada mais do que uma dor insignificante. Nada que o impediria de rasgar os malditos. Josesito se aproxima de Khloe, mostrando se esforçar pra se manter de pé.
Nenhum sinal daquele que conversava com Josesito, e o que socou Calixto simplesmente some, de maneira tão misteriosa quanto apareceu ali. De longe, ouviam gritos, risadas, e pior... um rosnado profundo que não poderia ser feito por Vampiros. Josesito então fala, com enorme dificuldade, depois de sua traqueia já ter voltado ao normal.

- Saída! Emboscada... Dançarinos!


---------------------
Calixto: Nível de Vitalidade Escoriado.
Josesito está Ferido.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração - Khloe

Mensagem  Calixto em Qui Jun 05, 2014 5:54 am

De repente os planos mudam, Calixto estava certo em não confiar em servos da Wyrm. Estavam em uma emboscada. Josesito é ferido, Maya idem e então, do nada aparece um vampiro e soca o Wendigo, o arremessando na parede, e logo que o índio se recupera o nosferatu desaparece novamente deixando um vazio onde estava, e mesmo assim o enorme Hispo não tem dúvidas, se lança em um salto veloz contra o espaço vazio que abrigAva o vampiro antes deste desaparecer. Se topasse em algo o rasgaria com os dentes, caso contrário pularia sobre outros defuntos do grupo que estivessem por lá.

_____________

usa um ponto de fúria.
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Matilha

Mensagem  Khloe Lykainion em Qui Jun 05, 2014 4:13 pm

A sucessão de eventos que vem a seguir é tão rápida que chega a ser confusa. E confusa e perigosa é como a situação se apresenta após Josesito ser traiçoeiramente atacado.

“Mas que merda!” – pensa a Theurge procurando manter o foco após ver Josesito quase morrer e então transformar-se em crinos para salvar a própria vida.

“Por Gaia!”

Era impressionante como eles podiam curar-se tão rapidamente, mas ainda assim o líder precisava de uma “mãozinha amiga” e Khloe ouve o rugido de Maya já em crinos, dizendo para que curasse Josesito.

“Como ela sabia que eu sei fazer isso?”

Logo estavam cercados pelos malditos vampiros e Khloe sente uma imensa vontade de também assumir sua forma de batalha e começar a destroçar alguns da mesma forma que Maya fizera, mas precisava concentrar-se no líder primeiro, em meio a toda aquela algazarra de gritos, risadas e… um rosnado estrondoso? Seriam…?

Sim… Eram. Josesito fala, indicando que deveriam fugir o quanto antes. Khloe então faz o que devia fazer, concentra-se nos ferimentos do líder e impondo suas mãos sobre a região afetada, busca pela força de Gaia, rogando a Mãe em um pequeno mantra mental pela cura do Roedor de Ossos.

Tão logo seu esforço surtisse efeito, procuraria assumir a forma de hispo, pois se teriam que correr para a saída, jamais conseguiria passar pelo túnel com o tamanho de uma máquina de guerra. De qualquer forma, a Theurge recusava-se a sair dali sem antes dar fim a algum vampiro, ao menos um deles iria direto pro inferno através de suas garras.

_________________________.

OFF: 1 pt de gnose para uso de Toque da Mãe
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe - Calixto

Mensagem  Narração em Qui Jun 05, 2014 5:44 pm

Calixto sente algo em sua pata, tentando fugir para a lateral, e então aquela criatura horrenda se revela. Com força sobrenatural, ele tenta evitar a mordida, agarrando-se aos pelos da “juba” de Calixto. Mas essa força de nada serviu, uma vez que os pelos se arrancaram, e a cabeça do cadáver foi arrancada sem qualquer dificuldade, como se fosse feito de polvilho ou algo igualmente fraco. O corpo começou a se desintegrar um pouco.
Enquanto isso, alguns se aproximavam, atacando e sumindo. Maya sofria ataques constantes, chegando a ter o antebraço esquerdo visivelmente quebrado ao tentar bloquear um soco, e em meio a um rugido de dor, retribuiu o golpe com a outra mão. O Dom de Khloe foi o bastante pra fechar o ferimento de Josesito em enorme velocidade, e foi audível o alívio do líder daquela Matilha. Disse, na voz mais alta que conseguiu.

- Vamos!

E então, tratou de correr na direção da entrada. Foi então que um rugido mais próximo foi ouvido, e entrando pela outra entrada, vinham 3 Dançarinos da Espiral Negra, em suas formas Crinos. Pelagem cinzas, negras, alguns até com partes esverdeadas. Seus corpos eram deformados. Mandíbulas macabras, orelhas de morcego. Eles corriam rápido na direção do grupo. Maya usou uma mão pra fechar em volta de seu antebraço, colocando os ossos no lugar enquanto correm. Josesito conhecia o caminho e liderava. Quando dois simplesmente surgiram em seu caminho, um ele empalou com suas garras, cravando ali os dedos inteiros, destruindo o peito da criatura, e sobrenaturalmente rápido, conseguiu rasgar o outro antes que esse o tocasse. Quando a Matilha chegou à saída, ele parou ao lado da mesma, apontando pro cano.

- Entrem primeiro, rápido! Saiam daqui e liguem o carro!!!

Depois de Calixto e Khlo terem passado, Maya os acompanhou, levando mais tempo pra que pudesse regenerar seu braço, entrando na forma lupina e correndo pra dentro. Ela dá uma espécie de “choro” canino ao perceber que enquanto entrava, Josesito tinha o peito atravessado pelo que pareciam lanças. Ele soltou um rugido doloroso, e diante da morte, apenas se virou, tentando atrasar os inimigos. Não falou nada. Não era necessário.

avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração - Khloe

Mensagem  Calixto em Qui Jun 05, 2014 7:46 pm

As coisas correram mais rápido do que se pode contar e após matar o vampiro que o atacou, todos são ordenados a fugir. Calixto segue na frente para abrir caminho para as garotas que já tinham a Maya ferida. E novamente um desfecho trágico, o roedor de ossos parece ter sido morto. Maya grita.

"O guerreiro deve ser sempre o último a sair..."

O enorme hispo acelera até a saída, e lá chegando, sairia em um salto e daria a volta para ver se haviam guardas e protegeria a retaguarda de suas irmãs de matilha.
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Matilha

Mensagem  Khloe Lykainion em Sex Jun 06, 2014 11:57 am

Em meio ao caos, as coisas não saem como Khloe gostaria. A chegada dos Dançarinos era o alerta máximo para correrem dali. Khloe fica impressionada com a hediondez daquelas criaturas maculadas completamente pela Wyrm. Uma vez foram Garou, hoje eram aquela coisa… e assim era tudo que a Wyrm colocava as garras.

Eles corriam na direção do grupo mas Josesito dá fim em alguns deles e ao fim da frenética correria, estavam diante do cano que levava a saída. Todos começam a entrar e quando Khloe ouve o “choro” de Maya e olha assustada para trás pensando que a companheira tinha se ferido, mas não era ela e sim… Josesito?

“Por Gaia!”

Pensa a Fúria ao sentir a morte tão próxima. Mas nada podiam fazer a não ser seguir adiante para saírem daquele túnel. Ela corria o mais rápido que podia, atrás de Calixto, e pronta para usar o seu dom em Maya se esta precisasse ainda, logo que tivesse alguma oportunidade, mas por enquanto a única coisa que sabia é que deviam correr e fugir… Não, não havia nada de glorioso nada. Absolutamente nada.

avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe - Calixto

Mensagem  Narração em Sex Jun 06, 2014 12:06 pm

Calixto, em seu retorno ao campo de batalha, chega a esbarrar em Khloe, acabando por quebrar um pouco aquele cano por seu tamanho. Ele veria Josesito ser atacado por aqueles Vampiros apodrecidos, que apreciam mordê-lo. Mas mesmo ferido, ainda reagia, chegando até mesmo a matar um deles. Foi então, que como em um milagre, ele simplesmente sumiu. Maya e Khloe finalmente chegaram ao lado de fora. Maya simplesmente saltou, e no ar, transformou-se em sua forma hominídea, caindo de pé na rua, completamente nua. Correu direto pro carro, o abrindo. Ao sair da vala, Khloe poderia perceber um homem assustado com o que acabara de ver, gritando:

- Meu Deus do céu!!!

Calixto agora tinha o cano completamente vazio para seu retorno, com um Espiral já tomando a frente dos Vampiros e correndo em Hispo na direção do Wendigo.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração - Khloe

Mensagem  Calixto em Sex Jun 06, 2014 1:13 pm

Calixto ver Josesito desaparecer após seu ataque fatal, quando retorna ao campo de batalha, mas a área estava tomada de vampiros e já havia um Espiral vindo em sua direção correndo em hispo, assim como ele mesmo. Uma luta ali acabaria com ele sendo massacrado pela horda de sugadores de sangue que vinha atrás do garou desgraçado. Calixto dar a volta e corre para a saída, seguindo sua parceiras. Verificando sempre, se seu adversário o seguia. E pularia da saída do cano em um salto.
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Sex Jun 06, 2014 1:43 pm

Calixto resolve voltar, talvez para ajudar Josesito ou para cumprir o seu glorioso destino. Ele esbarra em Khloe, mas ela não se incomoda, pois continuava correndo rumo a saída, não iria contrariar a ordem do líder, pois sabia que se Josesito mandou que corressem, era porque não tinham chances contra aquelas criaturas.

Não seria sábio alguém com tão pouca experiência ir contra o líder e enfrentar inimigos deste porte.

Já do lado de fora, Maya pula para fora da vala, mudando de forma no ar. Khloe ainda estava em hispo e saía da vala quando vê um homem gritando assustado ao ver uma loba transformar-se em mulher.

“Ótimo! Tudo o que precisamos é de testemunhas para ferrar com o véu. Ah, que se dane!”

Pensa em assusta-lo para que fugisse, mas estava indecisa sobre o que ele se lembraria e poderia contar depois. Khloe também não podia machucar o homem à toa, e se ele ficasse por ali acabaria morrendo.

“Merda. Vou ter que pegar ele.”

Felizmente ela podia manter-se em glabro sem chamar atenção dos mortais, ficava apenas maior e mais forte, isso era positivo, então ela reassume a forma de glabro, antes de sair totalmente da vala e corre na direção do homem. Como lutadora habilidosa que era, procura golpeá-lo com força e na forma apropriada para que ele apagasse (sem feri-lo desnecessariamente).

Se conseguisse, levaria ele rapidamente para a mala do carro, colocaria-o lá dentro, assim, quando estivessem em segurança, poderiam ver o que fariam com a testemunha. Certamente os outros Garou saberiam o que fazer. Em todo caso, poderiam entornar umas tequilas garganta abaixo do indivíduo, e na pior das hipóteses, ele acordaria de ressaca pensando que teve uma bebedeira daquelas…

_____________________________.

OFF: Reassume forma de glabro. Lindona como sempre. Razz

avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe - Calixto

Mensagem  Narração em Sab Jun 07, 2014 6:29 pm

O homem, ao ver Khloe, corre, mas não era páreo para a Garou em Glabro, que quando o golpeia, cai imediatamente, sem oferecer resistência quando colocado no porta malas. Maya grita o nome de Calixto, e ele ouviria tranquilamente com as grandes orelhas de Hispo, e de maneira completamente inesperada, Josesito surge ao lado do carro, em Glabo, ainda com grandes buracos em seu tórax, jogando-se pra dentro do carro. Ele parecia com dificuldades pra respirar, mas podiam ver a olho nu os ferimentos se fechando aos poucos. Ele parecia prestes a perder a consciência, jogado no banco traseiro do carro. Assim que Calixto sai do cano, percebe que a perseguição havia acabado. O Espiral, em Hispo, o olha com seus estranhos olhos verdes. Mas não era um verde natural. Algo fluorescente. Dá um rosnado, e então muda pra forma Lupina, se virando e voltando pra dentro do ninho dos Vampiros. Maya grita.

- RÁPIDO!
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Matilha

Mensagem  Khloe Lykainion em Dom Jun 08, 2014 8:15 pm

Khloe já tinha deixado o mortal como o passageiro do porta-malas e quando seguia para entrar no carro, vê Josesito, surgindo do “nada” e se atirando no banco traseiro. Imediatamente Khloe também entra no banco de trás com o intuito de cuidar de Josesito, enquanto observava mais o vez o poder de cura dos Garou, mas aquilo não seria o suficiente e então Khloe concentra-se mais uma vez, impondo suas mãos na região do seu tórax onde diversos buracos estavam presentes. Desejava que o dom que Gaia lhe atribuíra fosse mais uma vez eficiente.

_____________________________.

OFF: Novamente 1 pt de gnose para uso de Toque da Mãe.
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração - Khloe

Mensagem  Calixto em Seg Jun 09, 2014 4:22 pm

O Hispo ver os inimigos retornando ao fundo do cano. Sai e não havendo perigo visível, tomaria a forma de lupino e começaria a farejar por ali. Com os sentidos a postos. Se não encontrar inimigos à vista com área protegida, ele volta ao carro. O enorme lobo branco se depara com Josesito, ainda vivo, sendo curado por Khloe. Desconfia mas não diz nada. Vai farejar o líder logo após entrar no veículo. Matou hoje! Uivaria...

- Aaaaaauuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!!!!!
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe - Calixto

Mensagem  Narração em Ter Jun 10, 2014 2:27 pm

Com a ajuda de Khloe, Josesito rapidamente se cura, e após verificar se não há mais nada de errado, ele retorna à forma hominídea, um tanto ofegante. Estava visivelmente cansado, com a pele brilhando por suor. Ao perceber que Maya estava nua, ele disse para Khloe.

- Khloe, pode pegar uma sacola no porta-malas? Dá pra abrir daqui de dentro, só levantar essa coisa atrás do banco. Tem roupas ali.

Josesito acena para Calixto quando o mesmo o fareja, e com o carro já ligado, Maya dá partida, se afastando rapidamente daquele lugar. Após descansar um pouco, Josesito fala.

- Parece que eles mudaram de lado. Espirais são mais fortes... Agora, temos que acabar com aquele ninho, antes que eles tenham tempo de trabalhar pra eles, do mesmo jeito que trabalhavam pra nós. Falarei com a Seita, provavelmente poderemos derrubá-los amanhã, durante a manhã.

avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RUAS - Região Sul

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum