O Coração do Caerm - Seita das Águas Serpentinas

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

O Coração do Caerm - Seita das Águas Serpentinas

Mensagem  Admin em Dom Jan 13, 2013 10:07 pm

O Coração do Caern é o que se pode esperar de tamanha grandiosidade: um belíssimo lugar. Seu poder pode ser sentido à distância, acalentando os amigos em uma graça acolhedora, atormentando os inimigos com um desaprovador peso. Trata-se de um trecho de união de dois dos muitos riachos existentes na área do Caern, um deles continuando diretamente do riacho, outro terminando em uma cachoeira. Por não se escoar apenas em uma direção, as águas raramente ficam acima de 50 centímetros de altura, e a força da correnteza não é forte o bastante para arrastar Lobisomens obstinados. A Película entre os Mundos não existe, permitindo a presença de Espíritos amigáveis no Plano Material, muitas vezes confundidos com animais. Normalmente criaturas de formas serpentinas, devido ao totem do caern, o poderoso Uktena, a grande serpente emplumada, habitante e senhor dos rios da Terra, também totem e nomeador da tribo mais proeminente na Seita: Os Uktena. É o lugar onde os maiores e mais importantes Rituais da Seita são executados.

avatar
Admin
Admin

Mensagens : 186
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário http://rageacross.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maya - Narração

Mensagem  Maya Moreno em Sab Mar 23, 2013 9:11 pm

Mil caminhadas daquelas juntas poderiam ser feitas para se chegar a um local tão incrivelmente paradisíaco como aquele: Maya simplesmente arregala os olhos e inspirando profundamente, exclama, extasiada:

-- Uau!!! Simplesmente I N C R Í V E L !!!

Maya nem consegue reparar nos demais, apenas vislumbra aquela maravilha natural, enquanto continua a caminhar, já louca de vontade de se lançar naquelas águas maravilhosas!
avatar
Maya Moreno

Mensagens : 85
Data de inscrição : 19/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Dom Mar 24, 2013 4:38 pm

Assim que Demetria remove as roupas que estavam presas em Khloe e se retira, Khloe ainda olha para os lados, certificando-se de que estava mesmo sozinha e só após ter esta certeza é que concentra-se, desejando retornar a sua forma humana.

Tão logo consegue “voltar ao normal”, trata de vestir-se rapidamente e após isso sai do local protegido e começa a voltar, procurando por Demetria ou pelos rapazes, enquanto ia observando aquela magnífico cenário que já tivera oportunidade de ver, algo semelhante no Canadá, embora certamente não da forma que sentia tudo agora.
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe

Mensagem  Narração em Dom Mar 24, 2013 6:54 pm

Quando Khloe voltou, deparou-se com um lugar bem mais cheio. As pessoas, lobos, e até mesmo enormes criaturas meio homem e meio lobo. No local mais alto, estavam quatro pessoas. Três em suas formas humanas: um indígena, um homem negro de aparência idosa, e um homem de aparência hispânica comum, além de, claro, o lobo que vira na noite passada, o Vigia. Algumas das pessoas na cachoeira se pronunciavam, até que Rico disse em voz alta.

- Matilha das Sombras Descarnadas!

Aquilo ajudaria Khloe a localizar os seus. Ao lado dele, estavam Anthony e Demetria.

avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Maya

Mensagem  Narração em Dom Mar 24, 2013 6:57 pm

Vitoria ri um pouco com o entusiasmo de Maya. A atmosfera naquele lugar era boa, como se estivesse se sentindo em casa. Uma sensação compartilhada por todos. Algumas pessoas anunciavam estranhos nomes, mas ao ouvir um nome que lhe soava familiar, Maya poderia perceber os outros ficando um pouco quietos, principalmente Juan, que xingou baixo. Vitoria fez questão de saltar na água, dizendo antes mesmo dos outros chegarem a entrar, exclamando a plenos pulmões.

- Matilha do Alvorecer Rubro!

avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maya - Narração

Mensagem  Maya Moreno em Dom Mar 24, 2013 9:23 pm

Maya observava a tudo com satisfação. A sensação que tinha era a de que estava em casa – nunca sentira-se tão em casa (com exceção de sua casa, e a fazenda de seus pais) como aquele lugar! Vitoria grita algo que parecia-lhe familiar, ao que ela sorri, ante ao seu gesto de atirar-se na água – que era mesmo a sua vontade, e pergunta para Carlos e Juan, largando a mochila no chão (considerando estar em terra):

-- Pô, gente, essa água é maravilhosa! Eu posso entrar também? O que é que eu faço?


E aguardava por indicações deles.
avatar
Maya Moreno

Mensagens : 85
Data de inscrição : 19/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Dom Mar 24, 2013 9:27 pm

O aumento do número dos presentes no local só serviu para deixar Khloe bem mais tímida do que deveria. Olhava com curiosidade para as pessoas, evitando estabelecer contato visual, mas estava impressionada com o que via. É sério que todos ali eram garous?! Existia tanto disso por aí e a sociedade nem fazia idéia?

“Um belo jogo isso daria…”

Percebe que no local mais alto haviam 4 garous, entre eles o “simpático” Vigia que quase lhe arrancou a cabeça na noite passada. Procurava ainda pelos seus quando ouve Rico falando:

“Matilha das Sombras Descarnadas?!”

Completamente deslocada, começa a se encaminhar para onde estava o trio, tentando passar o mais despercebida possível no meio daquele povo todo.
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração

Mensagem  Calixto em Dom Mar 24, 2013 9:31 pm

O índio gosta do que ver, toda aquela exuberância natural, toda aquela energia da natureza. E tanto homem, animal e besta estavam seguindo aquele caminho, alguma coisa parecia acontecer. Mesmo irritado pela gargalhada do sujeito, Calixto desvia a própria atenção para algo que lhe intrigava mais.

"por que tudo isso demorou todo esse tempo para começar a acontecer?"

- O que eu terei que fazer aqui...?
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Maya

Mensagem  Narração em Seg Mar 25, 2013 9:17 pm

Carlos responde prontamente, entrando na água. A correnteza não é tão forte, mas também não é calma, forçando todos ali a lutarem contra ela, mesmo que um pouco.

- Apenas entre. Logo começará a sua parte.

Carlos e Juan colocaram-se ao lado de Vitoria. Juan dava umas rápidas olhadas para um grupo, com dois homens, um mais velho e outro adolescente, e duas jovens.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Khloe

Mensagem  Narração em Seg Mar 25, 2013 9:19 pm

Rico estava um pouco sorridente, assim como Demetria e Anthony. Alguns os cumprimentavam de vez em quando, embora outros parecessem olhar de maneira torta. Os três mostravam-se bem orgulhosos em suas posturas, embora Khloe ainda não soubesse bem o motivo. Rico a olha, com um sorriso estranhamente divertido no rosto.

- Prepare-se. Logo será sua vez de estar nos holofotes.

avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Calixto

Mensagem  Narração em Seg Mar 25, 2013 9:24 pm

- Por hora, terá apenas que ouvir, e falar quando te derem a palavra.

Julian pulou na água. Alguns ali perto gritaram, cumprimentando-o. Calixto poderia ver que ele era um sujeito bem popular naquele lugar. Os 4 sujeitos no lugar mais alto pareciam se preparar para algo.

avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maya - Narração

Mensagem  Maya Moreno em Ter Mar 26, 2013 9:56 am

Maya tira o tênis, deixando-o junto de sua mochila, e põe-se ao lado deles, reparando no grupo que Juan olhava, onde havia dois homens e duas jovens. Começa a caminhar com eles para água, com vontade de perguntar quem eram, mas fica em silêncio. Aquele provavelmente era parte do ritual, e ela não queria quebrar as vibrações do rito com perguntas que poderiam ser feitas depois. Buscava conectar-se com aquele local tão especial, que fazia-a sentir-se tão bem.
avatar
Maya Moreno

Mensagens : 85
Data de inscrição : 19/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Ter Mar 26, 2013 9:59 am

Decididamente os holofotes eram o último dos lugares que Khloe gostaria de estar e no qual ela menos se enquadrava. Engoliu em seco. Se já estava tensa, ficou ainda mais.

Perguntou:

– E o que isso significa? Vou ter que dizer meu nome, de onde vim e o que mais? Facilita aí, vai?!

Se teria que passar por aquela situação desagradável, que ao menos pudesse estar minimamente preparada.
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Todos.

Mensagem  Narração em Ter Mar 26, 2013 10:13 am

Os sujeitos na parte mais alta conversaram um pouco. O lobo estava assentado em uma rocha mais alta, parecendo analisar todos friamente. O velho estava um pouco inclinado, apoiando-se em um cajado, parecia distante. Os outros dois conversaram por alguns instantes, até que o homem indígena deu um passo à frente, dizendo em voz alta o bastante para competir com o barulho da cachoeira.

- Como podem ver, hoje a nossa Assembleia é em um lugar diferente. Aqui, no Coração do Caern, onde as águas cristalinas por onde nada Uktena nos abençoa! Por que estamos aqui? Alguns podem se perguntar isso. Na noite passada, a cidade conheceu 4 novos Garou. Um número surpreendente! Há muito tempo a causa de Gaia não recebe tantos braços. Os 4 estão entre nós.

Muitos já sabiam disso, e os olhares que os recém chegados recebiam foram multiplicados.

avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maya - Narração

Mensagem  Maya Moreno em Ter Mar 26, 2013 3:52 pm

Maya entra na água, procurando manter-se firme ante a correnteza média, enquanto ouve o que o índio dizia.

“-- Esse deve ser um dos chefes…”


Mas depois de ouvir tudo, todos começam a olhar para ela, dentre os outros 3 que ainda desconhecia. Estava curiosa para saber dos que estavam no mesmo barco que ela. Também fica surpresa por aparecerem 4 novos ser algo assim tão extraordinário.

Aguardava por novas palavras.
avatar
Maya Moreno

Mensagens : 85
Data de inscrição : 19/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Ter Mar 26, 2013 9:51 pm


Rico não chega a lhe responder nada pois logo um dos homens que estavam lá em cima no grupo do vigia, começa a falar. Ele era um índio.

Khloe ouvia o que ele dizia, memorizando duas palavras que nunca tinha ouvido antes: Caern e Uktena. Dizia que 4 novos Garou tinham surgido na noite passada e que aquilo era surpreendente e por isso estavam reunidos em um local diferente. Pelo visto aquilo era mesmo uma grande comemoração, pois se 4 era um número surpreendente, a taxa de “natalidade” deles era bem pequena.

“Até porque se fosse o contrário talvez você já tivesse visto algum desses circulando por aí, não é esperta?!”

Khloe então percebe que os olhares sobre “os diferentes” aumentam substancialmente quando o índio fala dos 4 que estavam entre eles. Sente seu corpo aquecendo, um sinal que devia ter ficado completamente vermelha como um tomate, dá um sorriso amarelo e tentar reparar quem eram os outros que recebiam os mesmos olhares que ela. Ao menos o número era bom, significava que ela não era a única a se sentir completamente perdida no meio de toda aquela loucura.
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração

Mensagem  Calixto em Qua Mar 27, 2013 3:13 pm

Os conselhos do homem reverberam na cabeça do índio.

"Ficarei calado até que eu deva falar, atitude sábia em uma grande reunião..."

Calixto acompanha os olhares que lhe dirigiam após o discurso do orador, e as palavras GAROU, 4 e ONTEM A NOITE, conduziram suas especulações, e então seus próprios olhos buscam os outros 3 que receberam tamanha graça. Para tal, seguiria os olhares de seus espectadores...
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Todos.

Mensagem  Narração em Qua Mar 27, 2013 9:40 pm

O índio recuou quando o velho homem negro deu alguns passos à frente. Ele estava um pouco trêmulo, como alguém lutando contra a correnteza daquele lugar. Mas ainda sim, seu porte é orgulhoso, e a fala é mais poderosa do que os 4 novatos poderiam esperar.

- Eu previ a chegada dos novos Filhotes! Gaia e Uktena se apiedaram de nossa luta, e agora nos mandou mais força. Agora, os Filhotes, venham, se aproximem!

Ele disse apontando para a mini-cachoeira logo abaixo daquela mais alta.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maya - Narração

Mensagem  Maya Moreno em Qui Mar 28, 2013 6:58 pm

O próximo à falar é o idoso negro, que parecia lutar mais que os outros, obviamente, devido à idade mais avançada, para permanecer ali naquela correnteza de intensidade moderada. Todos o ouvem, e parecia que aquele senhor tinha o dom do oráculo, pois diz que prevera a chegada dos novos. Outra vez o nome Uktena é pronunciado, e como sabia o que representava Gaia, embora não soubesse se aplicava-se aquele significado naquele contexto, percebia que teria de aprender, de fato, muitas coisas mais.

Então o ancião chama os novos “filhotes”. Maya olha para Vitória, sorri e diz para ela:

-- Bem, lá vou eu! Alguma dica?

Aguardava pela resposta, a fim de seguir para diante dos que pareciam ser os líderes do grupo.
avatar
Maya Moreno

Mensagens : 85
Data de inscrição : 19/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Maya

Mensagem  Narração em Qui Mar 28, 2013 7:29 pm

Vitoria sorri, em clara aprovação à disposição de Maya. Simplesmente ergue seu braço, apontando para o idoso.

- Apenas vá até ele! Fique nessa cachoeira de baixo. Espere os outros, ou fale seu nome, caso ele pergunte.
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maya - Narração

Mensagem  Maya Moreno em Qui Mar 28, 2013 7:38 pm

Maya assente, sorrindo, e segue de modo cuidadoso, a fim de atravessar bem a correnteza, até a cachoeira pequena, abaixo de onde estavam os líderes. Ao chegar, colocaria-se em posição de respeito ante eles.
avatar
Maya Moreno

Mensagens : 85
Data de inscrição : 19/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Khloe - Narração

Mensagem  Khloe Lykainion em Qui Mar 28, 2013 8:46 pm

Khloe se impressiona com a presença que o senhor que se colocou a frente e começou a falar, possuía. Ele deveria ser uma espécie de oráculo, pois dizia que tinha previsto a chegada dos novos…

“Filhotes?!”

Estava chamando os “filhotes” para a pequena cachoeira que se formava logo abaixo da de onde eles estavam. Khloe congela. Sério que teria que ficar ali na frente de todo mundo?

“Oh, my God! Tenho mesmo que ir?!”

Khloe não consegue se mover dali até que a primeira “filhote”, uma jovem morena de cabelos longos, se dirige para lá. Olha então apreensiva para Rico, Demétria e Anthony e fala antes de partir:

– Torçam por mim!

Era mais ela mesma tentando passar confiança pra si mesma do que outra coisa.

Segue sem muita pressa, afinal a pressa era inimiga da perfeição e o mais importante, tentava a cada passo rumo ao “palco”, acalmar-se o suficiente para tentar ficar o mais “relax” possível com o que viria pela frente, embora soubesse que, estar entre estranhos, ser alvo de olhares e ter que falar, era uma das piores situações para ela.
avatar
Khloe Lykainion

Mensagens : 164
Data de inscrição : 14/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração

Mensagem  Calixto em Sex Mar 29, 2013 2:50 am

"O velho negro deve ser o oráculo da tribo..."

Calixto, enquanto ouvia o velho falar, pensou que aquilo até que não era tão diferente das grandes reuniões de outrora de sua tribo, e que cada movimento, tinha um dedo do grande espírito. Só se perguntava do porque sóagora?

"um filhote é o caralho."

Pensa grilado com aquilo de ser chamado de filhote, desde os seus treze que não era mais um "filhote". Segue os outros "filhotes", até que parem, observando que são todos "brancos", e então tomará a dianteira, se apresentando com um soco no próprio peito, como fazem os grandes guerreiros.
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Todos.

Mensagem  Narração em Sex Mar 29, 2013 4:58 pm

Assim que todos se aproximaram: Duas jovens, o índio e um lobo branco, o velho desceu, colocando-se na mesma cachoeira que eles. Ele não era tão alto, ficando na mesma altura que Khloe. Primeiro, aproximou-se de Calixto, observando-o de uma maneira que o índio jamais havia experimentado: sentia sua própria alma ser examinada, se isso fosse possível. Depois disso, enfiou o polegar em uma pequena cabaça amarrada em seu quadril e o passou na testa do índio, desenhando uma forma serpentina de cor roxa. Em seguida, encheu sua boca do conteúdo de uma garrafa, que ele poderia perceber conter alto teor alcoólico quando foi esguichado em seu rosto. Logo após, o velho disse, quase como um mantra.

- Que seja abençoado com força e sabedoria na jornada que se seguirá, filho da Lua Cheia, e arauto do Wendigo!

Disse as partes finais em uma voz bem mais alta, que todos aclamaram, em especial, um, cuja voz era ouvida mais alta que a de todos. Depois de Calixto, foi a vez de Maya, que após receber o mesmo ritual, recebeu sua benção.

- Que seja abençoada com honestidade e sabedoria na jornada que se seguirá, filha da Meia Lua, e criança do Unicórnio!

Mais uma vez, gritos foram ouvidos, e novamente, algumas vozes se tornaram mais altas do que outras. Dessa vez, chegou até Khloe, repetindo o mesmo ritual, e dizendo logo depois.

- Que seja abençoada com conhecimento e sabedoria na jornada que se seguirá, filha da Lua Crescente, e filha do Pegaso!

Mais uma vez, gritos foram ouvidos. O velho seguiu para o lobo, executando o mesmo ritual. Ele parecia se comunicar com o lobo de outra forma, mas disse em voz alta para os demais.

- Que seja abençoado com sagacidade e sabedoria na jornada que se seguirá, filho da Lua Nova, e cria de Fenris!

Outros gritos, e agora, o velho se afastou, tomando a cachoeira mais alta que ocupara anteriormente. O homem de aparência tipicamente latina, que ainda não tinha falado, aproximou-se.

- Todos já conhecem os recém chegados. Agora, vamos ensiná-los um pouco da vida! Aron, venha cá e mostre aos filhotes o que é diversão!
avatar
Narração

Mensagens : 317
Data de inscrição : 12/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Calixto - Narração

Mensagem  Calixto em Sex Mar 29, 2013 7:19 pm

Começa um ritual totalmente novo para o índio, diferente de tudo que sua tribo já fizera, e a profundidade do olhar do velho era algo desconcertante... E após esse abençoá-lo com uma borrifada da bebida sagrada deste povo, fala suas bençãos para Calixto, que inclina a cabeça em demonstração de respeito.

"arauto de Wendigo?"

Então o velho chama o Aron, o Aron... queria muito dar um soco no Aron. Mas parecia que ele era alguém, afinal, naquela reunião de espíritos-lobos.
avatar
Calixto

Mensagens : 108
Data de inscrição : 16/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Coração do Caerm - Seita das Águas Serpentinas

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 4 1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum